quarta-feira, 18 de maio de 2011

Começou a pagação

Dizem que assim que engravidamos ja começamos a pagar com a lingua em relação a tudo o que falamos ou pensamos sobre maternidade e filhos...pois eh, minha pagação de lingua ja começou na maternidade.

Todos se lembram como eu estava neurotica com o lance das visitas na maternidade, com o aue, o barulho, as pessoas sem noção e tudo o mais. Pois bem, paguei com a lingua. Foi tudo muito mais tranquilo do que previa, acho que o que ajudou foi que a Manu nasceu em plena quarta-feira e eu tive alta no sabado de manha, ou seja, nao passei o final de semana internada, dois dias bastante propicios a visitas. Mas mesmo assim, recebi bastante visita e foi otimo. Paga, paga com a lingua.

Nem todo mundo pedia para segurar a nenem e eu, como ja previa so a ofereci para familia e amigas muito proximas, mas nem me importei com o lance da fraldinha no ombro, do alcool em gel, do barulho, nada disso, estava curtindo muito todo o carinho. Tinha momentos que o quarto ficava cheio, mas tinha outros que era so eu, marido e ela, nos curtindo, nos conhecendo.

Teve momentos da visita chegar enquanto eu estava amamentando, e mais uma pagaçao de lingua, nem me importei, se a pessoa nao se importava eu tb nao. Amamentei na frente do meu sogro, de amigos do marido e até do meu chefe, que chegou numa hora que so estava eu e a Manu no quarto e nao tinha nem como eu contornar a situaçao, hahaha. Também recebi amigos em meio a crise de amamentacao quando a nenem aos berros nao conseguia pegar o peito.

A unica coisa que mantive, foi na hora do primeiro banho. Chegaram 4 pessoas na hora que a enfermeira ia começar a dar o banho demonstrativo e nessa hora marido pediu para as pessoas irem tomar um cafezinho e que ligariamos assim que terminasse. Foi a melhor coisa, pq assim ficamos so nos 3 no quarto e ela ainda aproveitou e me ensinou com paciencia a amamentaçao (depois de todo o estresse de algumas horas antes)

Outra coisa eh que cheguei a seguinte conclusao, que so quem vira mae entende, o pior dia para visitar a recem-mae na maternidade (se ela fizer cesarea), nao eh no dia que nasce, mas no dia seguinte, pq a dor da cesarea no primeiro dia eh quase imperceptivel em virtude da anestesia e de toda a medicaçao, mas no segundo dia o bicho pega, a barriga fica enorme, doi horrores, junta muitos gases..dificil se mostrar inteiraça na frente dos outros, hahah. Por isso, agora ja aprendi, so visito amiga na maternidade no dia que nasce ou a partir do segundo dia, rs.

Enfim, todo o lance das visitas foi bem mais sussa do que estava prevendo, ou foi exatamente como eu estava prevendo, mas eu que estava mais sussa em relaçao a isso...sei la...mas que ja houve algumas pagações de lingua, isso houve, rs.

8 comentários:

disse...

Ai Re, tou mto empolgada com esses seus posts pos nascimento da Manu, que delicia ler td isso e ficar sonhando em viver isso um dia. Ela é mto linda, vc merece!!
Parabens!!!

mamãe da Yasmin disse...

kkkk...vivendo e aprendendo né Re!? A maternidade tem dessas coisas...sonhamos com o dia mais perfeito e quando chega ele é perfeito mais não como sonhamos...rsrsrs
bjokas nossas.

Than disse...

ah mas é assim mesmo. é a primeira de muitas pagaçoes de lingua...rs...

bjos

Elaine Redigolo disse...

até agora, eu com 23 dias de cesariana ainda não quero visitas... mas elas vem do mesmo jeito...aff

Alê disse...

Vc é ótima! E já vou fazer meu plano de parto dizendo que nao quero receber visitas no 2o dia pós cesarea...hahahahha.... Estou ansiosa aguardando o post da amamentação. Super beijo pras duas gatinhas dessa casa agora. Opa! Tem a cachorrinha tbm né? Rê, se vc postar sobre isso tbm, vou adorar...pois eu sou mãe de cachorro tbm...amo meu bichinho e ele tem acompanhando minha gravidez. Já sei que tenho que prepará-lo e talz... mas temo a hora em que chegar em casa com o bebe. Como foi aí na sua casa?
Xêro amore.
Ale.
www.minhaprimeiragravidez.com

Caroline Pozzatti disse...

Sabe que me preocupo tambem com este negocio de visita na maternidade? Mas como somos so eu, meu marino, a sogra e a cunhada acho que nao vai ser muito tumulto.
Parabens pela bebe.
Super beijo

Mamãe du Dudu disse...

Aff, menos mal, né? Mas é bem assim, a gente imagina um caus, mas no final tudo acaba dando certo, e sendo bem mais fácil do que imaginávamos!
Beijos,
Fer

Andrea Fregnani disse...

O problema Renata é que a gente é mãe na teoria por muito tempo, e lógico que na prática vamos mudar muito, e contradizer um monte de coisas que pensavamos antes, muita mesmo...
bjs