terça-feira, 19 de novembro de 2013

Bagunceira

Manu, o que vc fez na escola hoje?
Bagunça!
Bagunça? Com quem?
Com a Bia, o Gu, o Matheus, a Lolly, a Cara ( Clara).
Êh? E dos seus amiguinhos, quem êh o mais bagunceiro?
EU!!!

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Happy Halloween


Sabado teve festa de halloween na minha cunhada. Hoje tem na escola, mas la chama-se Festa dos Seres Imaginários. Manu vai vestida de esqueletinho ou "Monster High" que foi o que eu lhe disse para convence-la a usar a fantasia. Segue algumas fotinhos da festa de sabado.
 
 

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Cama Compartilhada: amor e odio


Manu dorme no berço dela desde o primeiro dia que chegou da maternidade. Nunca dormiu em moises, bebe conforto, carrinho, nada. Sempre no berço. Não lembro uma única noite que a levamos para dormir na nossa cama quando ela era bebe. Enquanto ela era uma bebe, cama compartilhada era algo que não rolava em casa. Não pq eramos contra, mas sim pq não víamos necessidade, já que ela estava acostumada com seu berço.

 Mas depois que ela deixou de ser bebe (leia-se, la pelo 1 ano e meio), vez ou outra ela acaba na nossa cama, seja uma noite em que ela já acordou mil vezes e na milésima primeira vez, cansada de levantar para acudi-la, eu simplesmente a levo pra minha cama, seja uma noite em que ela capotou as 6 da tarde e dai as 2 da matina acordou achando que era dia, com a energia recarregada..nessas horas so levando para a nossa cama para ela abaixar a bola e a adrenalina e pegar no sono de novo..mas enfim, vez ou outra rola uma cama compartilhada em casa, nunca a noite começa com a cama compartilhada, mas tem dias que a noite acaba em uma.

 E o que eu acho disso? Tenho uma relação de amor e ódio. Amo dormir abraçadinha nela, sentir seu cheirinho, seu bafinho logo cedo, o carinho que ela faz no meu rosto mesmo dormindo, amo...mas odeio a falta de espaço, os chutes na cara, ter que dormir encolhida com a cabeça praticamente sobre o criado-mudo. Manu dorme que nem ponteiro de relógio, vai virando 360 ao longo da noite e eh espaçosa até. Sempre que rola cama compartilhada em casa, no dia seguinte pareco um zumbi, de tanto sono. Já teve noites que cansada de ser espremida, devolvi a Manu pra cama dela. Em outras inverti a posição e dormi com a cabeça virada pro pe da cama. E pior, já teve noites de eu ter que dormir no sofá.

 Cama compartilhada eh gostoso, mas pra ficar melhor ainda, so trocando a minha cama por uma mega king size!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Aprendizados

Semana passada estava rolando um stress no trabalho e então eu disse para a minha colega que a gente precisa saber escolher muito bem as brigas que queremos entrar, pq na maioria das vezes não vale a pena se estressar. Foi então que eu me toquei que esse foi um dos principais aprendizados que eu tive desde que me tornei mãe.

 Nunca vou me esquecer de quando a Manu estava entrando nos terrible two e portanto, chorando, se esperneando e fazendo birra a cada não levado, eu desabafei com a minha terapeuta dizendo que não aguentava tanta birra, que não estava sabendo controlar minha filha, que onde estava aquela bebezinha fofa e bla bla bla. Foi então que ela me disse que nem tudo devia ser uma guerra, que o certo era eu escolher, e muito bem, quais as batalhas que eu devia travar com ela, pq uma vez declarada a guerra, eu não poderia mais voltar atrás, afinal, se eu disse um não e ela começou a espernear, então que eu devia me manter firme, mesmo tento refletido depois, que aquele não podia ter sido um sim, do contrario ela ia entender a mensagem de que bastasse se espernear que eu voltaria na minha decisão.

O grande ponto nisso era conseguir analisar a situação antes dela ocorrer e assim poder refletir se valeria ou não comprar aquela briga.

E ai entramos no segundo grande aprendizado que eu tive ao me tornar mae. Esse veio da minha amiga Silvinha. Como analisar se aquela situação era merecedora de um sim ou de um não e portanto, comprar ou não uma briga. Pois bem, um dia vendo Silvinha lidar com seus filhos, ela me deu a resposta. Estavamos todos na fazenda e seu filho cacula perguntou se ele podia entrar de roupa na piscina. Qual seria a resposta de 99% dos pais? Claro que não, vai la colocar sua sunga.

 Pois bem, Silvinha agiu diferente. Ela fez três simples perguntas ao seu filho. Perguntou a ele: Vai te fazer mal ou te colocar em perigo nadar de roupa? Não. Vai prejudicar alguém se vc nadar de roupa? Não. Vai te fazer feliz nadar de roupa? Sim. Entao vai meu filho, vai nadar de roupa e ser feliz, foi o que ela respondeu!! E la foi o Erick cair na água de roupa.

 Foi ai que eu percebi que essas três perguntas eram a resposta que eu precisava para conseguir diferenciar os nãos dos sims quando lidando com a Manu. O difícil eh lembrar delas na hora do stress, quando a paciência esta no limite e o saco na lua. Mas isso eh um próximo aprendizado!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Manu Baby Sauro


Manu entrou numa fase a la Baby Sauro..lembram do Não é a Mamae? Entao, virou o Baby Sauro.
 
- Manu, o papai vai te dar banho hj...nao, a mamãe
- Manu, quer um leite? Qué...peço pro marido fazer o leite, para então ouvir: Não, vc não..a mamãe
- Manu acorda, peço pro marido tira-la do berço, para então escutar...naaaooooo, quero a mamaeeeeeeee, buaaaaa, mamaeeeeeeeee
- Ate no carro, qdo saímos, se o marido vai tira-la da cadeirinha, ela já vai dizendo, vc não, a mamãe.

Nem preciso dizer que o marido fica péssimo com isso..e eu, como eu fico? Esgotada. Muitas vezes eu apelo e digo, ou eh com o papai ou não eh com ninguém. Vc escolhe. E juro, já teve vez dela dizer que não eh com ninguém. Pode? Outras, eu explico que qdo ela recusa o papai, que o papai fica triste, pq o papai, assim como a mamãe, também gosta muito dela.

Mais uma vez, acho que td isso eh mais uma fase, logo logo passa, mas ate passar, temos que ficar espertos e não ceder às apelações por mamãe, afinal, ela tem que aceitar que o papai eh tao bom qto a mamãe (tá, ele tenta, hahaha) e que ela tem que dividir as demandas com os dois, um para o pai não se acomodar e permanecer participativo e outro para a mae não morrer de exaustão!

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

To sumida, eu sei

Gente, to sumida, eu sei. To numa correria tão grande com a reforma do ape que o pouco tempo livre q eu tenho êh pra ir atras de material de construcao, orçamento, falar com pedreiro, eletricista, pintor e assim vai...isso sem contar os cuidados com a Manu, trabalho, casa e por aí vai.

Conclusão, blog ficou de lado...buaaaa. Mas prometo q assim q as coisas acalmarem um pouco eu volto, juro q volto.

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Que susto!

Manu quase se afogou ontem na banheira. Juro. Ela, uma meninona de 2 anos e meio dentro de uma banheira da Burigoto, que ca entre nos ja esta ate pequena pra ela, quase se afogou. Eh aquela coisa que acontece que nos faz refletir que basta apenas 1 segundo para acontecer uma tragedia.

Ja faz um tempo que depois de dar banho nela (a banheira fica no chao), eu a deixo na banheira brincando e vou fazer as coisas da casa, dai, a cada 5 minutinhos, eu volto pra ver como ela esta e pergunto se ela quer sair, muitas vezes inclusive, ela sai sozinha da banheira, abre o box e tudo o mais...enfim.

Ontem nao foi diferente. Dei banho e sai do banheiro..de repente escutei uns grunhidos e na sequencia um choro de desespero. Qdo cheguei no banheiro ela estava se agarrando na borda, super desesperada. Foi entao que eu vi o que aconteceu. Manu estava deitada na banheira, no maior relax, seu bumbum escorregou e ela afundou. Sorte que ela, apesar do susto, conseguiu se levantar e tirar a cabeça da agua.

Na hora enrolei ela na toalha e a acalmei. Perguntei se ela tinha engolido agua, ela disse que sim. Tadinha. Fiquei com o coração na mao, so imaginando o que poderia ter acontecido se ela nao tivesse tido a reacao de se levantar. Com certeza teve um dedinho do seu anjo da guarda. To mal ate agora.

Nunca mais deixo ela sozinha. Quer brincar na banheira, ok, mas eu ficarei la, sentada no vaso esperando ela cansar de brincar. Que isso sirva de alerta a todas as maes, que acham que por seus filhos ja serem maiorzinhos, que esse tipo de acidente nao tem mais risco de acontecer. Aprendi a lição!



sexta-feira, 4 de outubro de 2013

No supermercado

Fui ao mercado com a Manu. Essa foi a primeira vez que ela foi ao mercado andando, ou seja, sem estar no seu carrinho ou dentro do carrinho do mercado. Conclusao, as prateleiras estavam todas ao seu alcance. Tudo ela queria colocar na cestinha. Algumas coisas eu dizia sim (geralmente as bem baratinhas), outras eu dizia, não filha, esse não precisa.

Até que uma hora ela insistiu muito para colocar um produto. Eu fui firme e disse, não precisa desse. Poe de volta. Ela fez manha, pos o produto de volta e saiu batendo os pes.

Mais pra frente me deparei com copos lindooooos da Hello Kit..juro que eu queria levar. Quando falei pra Manu dos copos ela me olhou bem serio e disse: Nao mamae, nao precisa desses.

Tomaaaaaaa......

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Manu e a TPM

Cada mes que passa eu tenho mais certeza que a Manu tem TPM. Juro. Ela passa a maior parte do mes numa boa, bem humorada, topa tudo, ataques de birra a nivel baixissimo, boazinha, faz o que pedimos, ajuda em casa, da beijinhos e nao tapas...

Mas socorro, tem alguns dias do mes que a bichinha se transforma...paciencia zero, fica agressiva, chorona, manhosa, respondona, nao pode nem chegar perto para lhe dar um beijo que ela solta um naaaoooo e te empurra. Juro que nao sei o que acontece. A unica conclusao a que cheguei eh que ela sofre de TPM, so pode ser.

E essa semana a TPM veio com td..caramba, ela esta impossivel, super respondona e agressiva (alem dos tapas, agora aprendeu a chutar...pessimo). A paciencia, minha e do marido, ja se esgotou...estou aqui, contando os dias para a TPM dela ir embora e devolver a minha bonequinha.

PS: eu tb estou de TPM, das brabas...será que eh possivel, mesmo eu nao mudando meu modo de agir com a Manu, da minha TPM de alguma forma, talvez um lance de energia, ter alguma influencia sobre o comportamento da Manu?? Hummmm...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Menina Moleque


Manu é moleque. Isso é fato e notório. Adora uma bagunça. Anda de patinete, sobe em arvores, pula em poça de agua.

Tem dias que eu pergunto para ela o que ela fez na escola e ela responde: Bagunça!

 Mas o mais interessante desse lado dela de moleque eh que ela tb tem um lado bem menina, de usar rosa, gostar de maquiagem, pintar a unha e tal e brincar de Barbie (adora)...agora o legal mesmo é seu gosto pelos brinquedos e em como ele oscila entre seu lado moleque e seu lado princesa, entre querer uma Barbie nova ou um carrinho, entre chutar bola ou brincar de comidinha.

 Estavamos na praia e fui com ela no supermercado ver se tinha um conjuntinho de panelinhas para ela brincar na piscina. Na hora que vi o conjuntinho e mostrei para ela, ela disse, ete não mamãe, quelo aquele..e apontou para uma moto de brinquedo...sai de la com os dois, a moto e a cestinha de panelinhas e com os dois ela brincou no final de semana inteiro, confesso que ate mais com as panelinhas.

 Também perguntei para ela o que ela queria ganhar de presente de Dia das Crianças, crente que ela fosse dizer uma Barbie ou algo do gênero. Para então eu escutar: Um dinossauro, bem gande!!

 E dia desses ela pediu um caminhãozinho para a avó e sabe o que ela colocou na caçamba do caminhão assim que ela o ganhou? Todos os seus brilhos, esmaltes, pulseiras e afins.

Sinceramente, acho td isso muito legal..enxergo esse gosto eclético dela por brinquedos super saudável e criativo, já que tem vezes que ela fica horas brincando na cabaninha com as bonecas, de fazer comidinha e tem horas que os brinquedos, diria de “meninos”, a atrai... não a reprimo, pelo contrario, se eh um dinossauro que ela quer, eh um dinossauro que ela terá. Nunca vou me esquecer do natal passado em que em meio a tantas ofertas de brinquedos e eu querendo muito que ela escolhesse sua primeira boneca com carrinho e tal, ela escolheu uma bateria para ganhar do papai noel. E a bateria esta la, no meio da sala, sendo usada diariamente por ela!

Meu mundo, desde que a Manu nasceu, é cor de rosa, mas é também azul, verde, amarelo, vermelho, marrom...

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

The book is on the table

To cada dia mais impressionada em como o vocabulario english da Manu esta aumentando...Manu já canta o alfabeto em inglês...alias, a maioria das vezes que a pego cantando, ela esta cantando alguma musiquinha em inglês. Dia desses, assim que ela acordou, ela soltou um good morning e essa semana, estava eu escolhendo uma roupa para vestir, qdo peguei a roupa da gaveta, ela disse, do nada: Very Good. Morri.

 
Esse final de semana por coincidência, encontramos com a teacher dela no shopping. E ai morri mais ainda ao ouvir a teacher elogiando a Manu e dizendo que ela tem muita facilidade para aprender inglês. Ok ok,  sei que não eh so a Manu que tem facilidade, acredito, agora sim, cada vez mais, que qto mais cedo a criança tem contato com uma língua, mais rápido ela aprende e a incorpora. Cada dia estou mais feliz com a escolha de coloca-la numa escola bilíngue ano que vem. Very Good!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Por que?

Sabe aquela fase do porque, em que para td a criança pergunta Por que? Entao, Manu entrou nela! Ate semana passada, mais preciso ate quinta-feira da semana passada Manu estava na fase do Que é Isso..Que é isso mamãe? Eh parede..Que é isso? Eh azulejo..e isso, que eh isso? Eh rejunte..e por ai vai...entao, na sexta-feira o Que é Isso deu lugar ao Porque.

Do nada, estávamos indo para a praia..e ao dizer, manu estamos indo pra praia..ela soltou: Por que? E a gente, pra gente brincar no mar..e ela, por que? Porque você gosta... e ela por que? Porque é legal, você brinca, faz bolinho na areia..e ela por que?...Bom, vou parar por aqui antes que eu solte um PORQUE SIM (sim, eu já disse isso pra ela, rs)!!

Mas enfim, a fase do porque chegou, desde então é porque para tudo...Por que?

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Tagarela com ressalvas

Manu ta muito tagarela. Esse final de semana fiquei impressionada. Fomos pra praia com meu pai e a bichinha não parava de falar. Td bem que de td que ela falava, uns 30% a gente não entendia. Ainda tem muitas palavras que ela fala errado, exemplos: babaina (bailarina), pururu (canguru), muca (musica), etc...e muitas frases que ela se esquece ou dos artigos ou do verbo, então fica uma frase sem conectivos, so com substantivos...isso sem mencionar que ela continua comendo os Rs das palavras em que eles aparecem após o p e b (peto, banco, pato *prato).

Na próxima consulta com a pediatra vou conversar com ela sobre isso, quero saber ate que idade eh normal esses erros na fala e a partir de quando tenho que começar a ficar ligada e talvez buscar a ajuda de uma fono.

 Mas ate la, bora curtir a tagarelice da filhota, que liga o disco assim que acorda e so desliga a noite...bla bla bla bla bla...Coisa linda da minha vida!

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Perruuuuaaaaa

Gente, tudo o que eu tenho de básica a Manu tem de perua...ela ama batom, esmalte, maquiagem, roupa com brilho, sapato com glitter...ela escolhe a roupa e o sapato e so aceita que eu escolha se eu mostrar por A + B que o sapato combina com a roupa. E se ela não gosta de uma roupa, não tem cristo que a faça usar. Não pode ver meu estojo de maquiagem que já vai fuçar e achar alguma coisa para passar...ja perdi as contas de quantas vezes ela foi pra escola levando consigo algum brilho meu..alias, já nem tenho mais, todos os meus brilhos já mudaram de mãos e agora pertencem a ela.

Agora ela descobriu os vestidos. Sempre coloquei vestidinhos nela para ir em festinhas, mas no dia a dia, eh legging e shorts, so que agora, ahhh, a danadinha so quer sair de vestido. Hoje fui com ela no meu pai, tinha separado um conjuntinho de shorts e ela, esse não mamãe, quelo o vestido rosa. E la foi ela, de vestidinho.

 Fico pensando de quem ela puxou. Minha sogra eh básica. Minha mãe era clássica. No entanto a minha avó materna era peruuuaaaaa..usava roupas pinkcheguei e vermelho fogo, cabelo super amarelo, batom mega vermelho...seria possível que pulou tanta geração assim? Pq se disseram para mim que o exemplo vem de casa, eu diria que aqui não, afinal, raramente ela me ve me maquiando e, juro, não tenho nenhuma roupa com glitter!!

 
Detalhe, a peruagem dela não atinge suas madeixas encaracoladas. Manu odeia pentear o cabelo. Odeia que eu coloque qualquer fivelinha ou chuquinha. Ate tento, juro que tento. A distraio enqto tento pentear seu cabelo, coloco lacinho enqto ela esta dormindo...mas eh so ela perceber que tem algo no seu cabelo, que ela já arranca e a cabeça de perua da lugar a uma juba de leao, hahaha.

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Manu e eu...eu e Manu...

Foto tirada no final de semana.

Lembrete: nunca mais sair sem maquiagem...a partir de agora eh pacote completo: base, corretivo (muito) e pó. Socorroooo

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Quando a paciencia se esgota...

Manu entrou numa fase chata...sei la se eh fase, mas pra td eu penso que eh fase, na esperança que do jeito que veio, vai embora...mas enfim, fase chata: chora pra tudo! Juro, td que ela quer ela pede chorando, choramingando, se nao consegue algo chora, se recebe um nao, chora ainda mais forte, se joga no chao, chora. chora, chora...a maioria das vezes nem sabe porque esta chorando...

Tem dias que eu ate consigo lidar com isso, sou paciente, abaixo o tom de voz, tento faze-la se acalmar e me dizer o que ela quer, o porque dela estar chorando, explico que nao eh chorando que ela consegue as coisas, e bla bla bla.

Mas tem dias...ahhhh, tem dias que o sangue sobe ate o ultimo fio de cabelo...tem dias que cada minuto de choro se torna uma eternidade...tem dias que tenho vontade de me trancar no quarto e deixa-la chorar ate ficar desidratada...tem dias que a paciencia e todo o lero lero de ter calma, jogo de cintura e muita paz de budista vai pro quinto dos inferno...

Hoje foi um desses. Para td ela estava chorando..isso desde as 7h30 da matina...ate que num descontrole total desta mae que vos escreve eu gritei: CHEGAAAAA, EU NAO AGUENTO MAIS!!

Na hora ela parou e me olhou assustada, para, no minuto seguinte, chorar ainda mais forte, de lagrimas rolarem pelo seu rosto. Eu sai de perto, entrei no meu banheiro, respirei fundo, pedi a Deus que me ajudasse a me recompor. Voltei ate a sala, ela ainda chorava. Peguei ela no colo e disse bem baixinho: porque vc esta chorando? Nao precisa chorar. A mamae esta aqui. Ela parou de chorar, mas ficou quieta e emburrada. E eu me pus a chorar, nao de lagrimas, mas de coração.

Tem dias que eh tao dificil ser mae, que td que eu queria era voltar pro colo da minha mae, para ela me dizer: Por que vc esta chorando, nao precisa chorar? Mamae está aqui.



quinta-feira, 5 de setembro de 2013

A princesa e seu castelo


Compramos uma barraquinha para Manu que eh um castelo. Ela amou. Tudo bem que para caber a barraquinha no quarto tivemos que colocar todos os brinquedos dentro dela, mas ta valendo!!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Adeus mamadeiras


Extra! Extra! Manu não usa mais mamadeira!! Viva!!

Faz uma semana que ela toma leite no copo, copo..nem de treinamento..copo, copo.

Na semana passada eu pus na cabeça que ia tirar a mamadeira dela, afinal, segundo a pediatra eu ja devia ter trocado a mamadeira de leite pelo copo de treinamento qdo ela fez 1 ano (ate tentei, inumeras vezes, sem sucesso). Enfim, conversei com ela, expliquei que ela já era grande, não era mais bebe e, por isso, não precisava mais de mamadeira. Combinei que depois da escola a gente ia na loja para ela escolher um copo bem legal para tomar leite. E la fomos nos. Peguei ela na escola e fomos na Alo Bebe.

Chegando la disse de novo, Manu, vamos escolher um copo bem legal para voce tomar leite. Ela escolheu 3 copos, todos sem tampa, bico, nada...um do Nemo, um da Marie e um da Hello Kit. Dai, pedi para ela dizer pra moça da loja pra que eram os copos. E ela disse: pa toma tete..Manu gande..Ok, chegamos em casa, primeiro vez de leite no copo. Perguntei se ela queria um canudinho. Ela disse que sim. Tomou alguns goles direto no copo e o resto com canudinho.

No dia seguinte, quando acordou pediu mamadeira. Eu a lembrei que ela já era grande e que agora tinha copo...mesmo assim ela pediu. Não dei. Peguei o copo, coloquei o leite e deixei na frente dela. Deu so dois goles. Não forcei e tb não dei a mamadeira. A noite ela tomou. Pausa: Manu não toma leite no berço deitada, toma na sala, antes de dormir, por isso que rola dar no copo, sem risco de derramar. Despausa.

No dia seguinte, já sabendo que ia ter resistência, disse que para o leite ficar mais gostoso, que a gente podia misturar um pouco de chocolate (toddy) no leite (ela sempre tomou leite puro). Perguntei se ela queria experimentar ela disse que sim, na mamadeira. De novo eu expliquei que não tinha mais mamadeira. Que eu ia fazer leite com chocolate no copo do Nemo. Tomou tudo. E de la pra ca tem tomado numa boa, as vezes ainda repete.  

Pra tornar o leite no copo ainda mais atrativo, fomos no Pao de Acucar e compramos uma caixa cheia de canudinhos fluorescentes e uma lata de nesquik, assim o leite tb pode ficar rosa, rs. A cada leite a Manu escolhe um canudinho, o copo que quer usar e se quer leite branco, marrom ou rosa. Nada como dar um pouco de poder de escolha para uma criança!

 
To feliz. Achei que esse processo fosse ser mais traumático. Espero que com a chupeta seja assim tb, sussa.

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

O primeiro palavrão


É com zero orgulho e muita vergonha que eu venho comunicar que a Manu ontem falou seu primeiro palavrão.

Em meio a uma brincadeira ela soltou um sonoro: Cuca, vai cagá!! Na hora eu olhei feio pro marido (logico, pq a culpa sempre eh do marido) e a repreendi, dizendo que aquilo que ela disse era muito feio, que não era pra falar mais aquilo. Eis que ela responde: Manu tava fazendo gaça...e Eu na lata: Nem de graça vc pode falar isso.

E no fundo a gente sabe de quem ela aprendeu essa expressão: da sogra!! Isso mesmo, da vó. A gente quase nem fala palavrao em casa e qdo fala, nunca com ela por perto. No entanto, a expressão vai cagar eh super usada pela minha sogra, na maior naturalidade. Exemplo: Manu, vem dar um beijinho na vovo. Não. Ahhh, vai cagar! Pois eh, e a Manu, assim como todas as crianças, é uma esponja..voila, aprendeu o que não devia. Qdo me encontrar com a sogra vou dar um toque nela, antes que a gente comece a passar vergonha por ai...

 
Em tempo: meu pai qdo eramos pequenos gravou uma fita da gente falando...eu devia ter na época quase 3 anos..e tudo que eu dizia na fita era: Fia puta...puta paiuuu....Culpa de quem? Do meu pai, que ate hoje xinga a torto e a direito.

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Até 20...


Gente, Manu já conta ate 20...morri...como assim? Pensei que a criança aprendesse a contar além do 10 la pelos 5 anos, hahahah. Essa criançada hj em dia esta muito precoce...Outro dia mesmo a peguei cantando uma musica em inglês..ela falava hello, hello, I love you, bla bla bla bla (que não entendi) e finalizava com to be with you...e quando eu entendi o que ela dizia e comecei a cantar junto, na melodia dela, ela abriu mo sorrisão como que dizendo: nossa minha mae tb fala inglês. E isso que a bichinha so começa no bilíngue ano que vem. Definitivamente essa geração vem com alguns chips a mais.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Viajando sem filho

Estamos seriamente cogitando em fazer uma viagem sem a Manu...viagem curta, 4 dias, mas seria a primeira vez que viajaríamos sem ela. Nunca nem tínhamos pensado nisso, ate esse final de semana. Meu irmão e minha cunhada deixaram minhas sobrinhas no meu pai e ficaram 5 dias fora. Foi uma farra. Minha sobrinha Estela eh da idade da Manu, então levava a Manu la para elas brincarem..a Manu passava o dia tao bem la que teve um dia que ela não quis ir pra escola pra ficar la brincando e outro, qdo cheguei pra busca-la, ela disse pra eu ir embora.

 Entao, conversando com a minha cunhada, ela disse que eu devia mesmo viajar com o marido e deixar a Manu no meu pai por uns dias, já que ela fica super bem la. Dai, pra Manu não ficar sozinha eu combinaria com a minha cunhada de nos dias que a gente viajar, ela viria da fazenda com as minhas sobrinhas e ficaria la no meu pai também, assim, além dela ajudar a cuidar da Manu, a Manu teria a companhia da Estela pra brincar e, pelo visto, talvez nem sentisse a nossa ausência.

 
Será?? Andei dando uma orçada nuns pacotes de viagem....falta so a coragem.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Buffet Infantil


Sempre fui fanzoca de fazer as festas da Manu no salao do prédio, adoro planejar, organizar, mas acima de td adoro aquela cara de festa feita em casa...sempre disse que enquanto desse para empurrar eu evitaria ao máximo fazer a festa dela num buffet...pois bem, acho que não consegui empurrar por muito tempo.

 Talvez no ano que vem se eu for fazer festa pra Manu, talvez eu tenha que me render a um buffet. Eh que no ano que vem já estaremos no ape novo e pelo que estou sentindo o esquema la pra usar o salao, além de ser super caro, tipo 400,00 o aluguel, eh cheio de regras e uma super concorrência para conseguir a data. Dai fiquei pensando que eu que não to muito a fim de me estressar com isso..prefiro esperar mais um ano e sentir melhor como serão as coisas no condominio. E tem tb o fator Manu, que amaaaa festa em buffet..ama a ponto de fazer escândalo qdo a festa acaba e ela tem que ir embora.

Entao das duas uma, ou faço um bolinho no ape mesmo so pros tios, primos e avôs (amoo $$$$$ essa ideia. Marido não)..ou eu me rendo aos buffets infantis. Dai, ouvindo os conselhos de uma amiga, decidi começar a orçar os buffets, afinal, se decidirmos fazer teremos vários meses para pagar a la carne Casas Bahia. Socorro. Quase cai dura com os primeiros orçamentos que recebi..juro, na hora desencanei. Entao, parei, respirei, coloquei os pes no chão, abaixei a minha expectativa em relação aos buffets e parti para buffets mais básicos e menores, afinal, como disse uma outra amiga, so os adultos reparam, pras crianças a festa ser no salao ou num buffet mezzo, tanto faz pq eles se divertem da mesma forma...logico, desde que a comida e o serviço sejam bons.

 Confesso que a busca não eh assim tao fácil..dos 12 buffets que orcei, so 3 estao dentro do que eu considero aceitável gastar, por isso leia-se: um pouco a mais do que gasto qdo faço a festa no salao do prédio...dificil? Pode ser, mas não impossível. A busca continua...ja vou agendar pra visitar esses três, negociar valor, fazer um belo leilão entre eles...mas se alguém ai tiver indicação de buffet BBB na zona sul de SP eu super aceito de bom grado.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Mamae Renata

Já faz um tempo que ensinamos a Manu que eu sou a mamãe Renata e o papai é o papai Mauricio. Dai, sempre que eu pergunto para ela o meu nome ela diz Enata e pro pai diz Mauicio (sacaram que ela nunca pronuncia o R). Ate ai OK.

Domingo fomos numa festinha, deixei ela brincando no pula pula e fui comer um lanche. Nisso eu vejo ela no colo do fotografo. Fui ate eles e perguntei se estava tudo bem. O fotografo responde, tudo. Segundo ele, ela estava chamando a mae dela, dai ele perguntou quem era a mae dela e ela, na lata respondeu: Enata, mamãe Enata!! Orgulho da minha vida!!

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Tombo Feio

Manu é sapeca. Fato. Sapeca a la moleque. Sobe, escala, pula, não para quieta. Cai, sim, cai..vira e mexe cai. Mas nada grave, um galo aqui, um roxo acolá, um ralado no joelho, um corte no cotovelo. Nem encano. Lembro de uma vez em que ela estava prestes a fazer 1 ano e já andava, melhor corria, escalava, pulava, e em um único dia, ela caiu 5 vezes de cabeça no chão..caiu do balanço, caiu do escorregador, caiu do tico tico, caiu correndo e, por fim, caiu do sofá. Lembro que depois da ultima queda do dia, eu liguei pra pediatra, afinal com tantos galos na cabeça, fiquei preocupada com as consequências. Nada a se preocupar.


 E a sapeca continuou..caindo, levantando, caindo, levantando...nunca grave. Mas ontem eu fiquei aflita. Manu pulava no sofá. Nessas que pula e depois se deixa cair nas proprias almofadas do sofa. Numa dessas ela calculou errado a queda e bateu com tudo a boca e o nariz no braço duro do sofá. Estava ao lado dela, escutei o estrondo e o berro. Na hora já gritei pro marido pegar gelo. Qdo a peguei, seu nariz escorria sangue. Em meio ao choro, consegui que ela me dissesse onde doía, se era no nariz ou na boca. Ela disse na boca. Enquanto entancava o sangue no nariz, fui com calma olhando a boca, os dentes, vendo se não tinha afundado o maxilar, quebrado um dente ou ate o nariz. Tudo em ordem.


 Acalmei ela, mantive o gelo, o nariz ainda sangrou por um tempinho, ate parar de vez. Quando ela estava mais calma, apertei seu nariz pra ver se ela gritava. Não gritou, sinal de que o nariz saiu ileso da queda. Quanto a boca, inchou um pouco na hora, mas hoje acordou normal, sem nem um roxinho. Ufa!

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Devidamente matriculada

Pronto, a saga por uma nova escola para a Manu chegou ao fim. Hoje matriculei a Manu na sua nova escola a partir de 2014. Escolhi a que será mais perto da casa nova, com ensino bilíngue. E confesso, ate o ultimo minuto do segundo tempo a outra escola, a com uma mega área verde, era a escolhida, inclusive já tinha ate falado pra varias pessoas que ela ia estudar la. A ficha de inscrição estava toda preenchida, mas não sei porque eu simplesmente não conseguia ir la fazer a matricula da Manu, sei la, tinha alguma coisa dentro de mim me incomodando.

E o que me fez mudar de ideia? A Manu! Resolvi ouvir a opinião dela. Perguntei se ela se lembrava daquela escola em que ela almoçou no restaurante da escola. Na hora os olhos dela brilharam e ela abriu um sorrisão e disse sim. Entao perguntei se ela tinha gostado daquela escola, ela disse que sim. Na sequencia eu perguntei da outra escola, daquela que tinha bastante arvore e um parquinho bem grande, perguntei se ela tinha gostado daquela escola. Ela também disse que sim. Entao, perguntei qual das duas escolas ela tinha gostado mais mais... e ela respondeu: a do etaulante (a do restaurante).

E com essa resposta, eu mudei a minha decisão. E vou dizer, do minuto que eu mudei minha decisão e optei por essa escola, meu coração se acalmou. Talvez essa escolha estava la o tempo todo, eu so não estava conseguindo enxergar. So sei que se da outra eu fiquei 2 meses ensaiando para fazer a matricula, essa em dois dias eu juntei a papelada e já fui la matricula-la. E quer saber o melhor de tudo? Dois amiguinhos da Manu da sua escola atual, também vão se mudar para la no ano que vem.

Feliz e em paz com a minha decisão!

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Ape Novo

Gente, compramos um ape. To tao feliz e ao mesmo tempo da um cagaço, ne? (desculpe o termo) Mas que da um medao de assumir um financiamento, da! Mas se Deus quiser dará td certo e seremos muito felizes na casinha nova. Enfim é um ape maior que o atual, tem um quarto a mais. O quarto do futuro baby. Eh, ele esta nos planos (ainda mais no meu do que no do marido), so não sei ainda pra quando, mas está. Está tanto nos planos que conversando com a arquiteta para reformar o ape, pedi que já fizesse o projeto do quarto do futuro baby, assim já fica la, no papel, so esperando o positivo para ser posto em pratica. O ape novo fica em outro bairro, mais perto da futura escola da Manu, com acesso mais fácil pro marido, que trabalha todo dia na ZN e com uma super área no térreo para a Manu brincar bastante. To animada...td bem que so devemos nos mudar para la no final do ano, pq precisamos fazer td no ape, colocar piso, armários, etc etc etc...e como não sou dona do banco central, isso sera feito em partes, respeitando e muito nosso fluxo de caixa. Mas eh isso, o futuro baby já terá um quarto para chamar de seu.

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Paixão pela Minnie

Manu adora a Minnie. Mas, sempre teve pavor dos personagens. Nao importava a festinha que iamos, era so ter alguem fantasiado de algum personagem para a Manu se agarrar a nos e nao querer nem chegar perto. Isso ate a festa do Fefe. A festa do Fefe foi um divisor de água. Foi lá que ela encontrou a Minnie (e tb o Mickey, o Pateta, o Pato Donaldo, a Margarida, o Pluto...), foi lá que ela devagarzinho e sozinha, foi se aproximando da Minnie, meio que sentindo o territorio. Foi la que ela deu as maos a Minnie. Foi lá que ela passou a festa inteira brincando com a Minnie, dançou no colo do Mickey e abraçou a Margarida. E o medo? O medo ficou no passado!


quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Estou apaixonada pela Rapunzel

 Manu passou da fase do Magico de Oz, da Titi (Princesa e o Sapo), do Simba (Rei Leao - essa durou muuiiitttooo) e agora entrou na fase da Rapunzel (Enrolados).

Gente, estou apaixonada pela Rapunzel. Serio, esse filme Enrolados, eh muito lindo. Choro, juro, eu choro, toda a vez que eu vejo a cena das lanternas...ja sei a musica de cor e fico cantando no trabalho...nao me canso de assistir..ate qdo a Manu vai dormir ou adormece no sofa vendo o filme, eu continuo la, firme e forte, ate chegar o final, a cena das lanternas e a cena qdo os reis encontram a princesa perdida. Choro.

"....vejo enfim a luz brilhar...ja passou o nevoeiro...."  Indo la no fundo da alma, me identifico demais com essa musica!!

Ainda tem muiiitttooos meses ate a festinha de 3 anos da Manu..mas bem que ela podia escolher fazer da Rapunzel, ia ficar tao feliz. Tudo bem que essa semana ela veio dizer que quer a festa da Barbie. Humpf, magoou!!





quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Mudanças na rotina do sono

Eh, acho que a Manu nao eh mais bebe!! Ta, nao acho, ja tenho certeza..ela esta praticamente do tamanho do berço, rsrs. Mas na verdade essa minha constatação é mais porque sua rotina de sono deu uma mudada nesses ultimos meses.

Antes era batata, Manu almoçava e tirava uma soneca de 1 hora - 1:30 antes de leva-la pra escola. Agora, pelo menos umas 2 vezes na semana, as vezes mais, ela simplesmente nao quer dormir. E nao eh que ela fica brigando com o sono. Nao. Ela quer eh brincar, esta no pique, nem se incomoda em nao dormir. Nesses dias, eu nem forço mais. Antes eu forçava a soneca.

Antes, qdo ela nao dormia, ela passava a tarde mal humorada e as vezes a professora tinha que coloca-la para dormir na escola. Hoje nao. Se ela nao dorme, ela nem se abala, passa a tarde na escola super bem. Por outro lado, muitas vezes chega da escola ja cochilando.

Outra mudança que percebi eh seu horario de dormir a noite. Ate alguns meses atras, Manu dormia por volta das 20h30. Hoje, 20h30 ela esta no pique brincando e nem quer saber de berço. Portanto, a hora de dormir passou para as 21h30, isso pq eu obrigo. Pq acho que se deixar ela fica acordada ate mais tarde.

Acho que a tendencia eh essa, nao? A partir de que idade será que a criança deixa por completo de tirar soneca durante o dia?


terça-feira, 6 de agosto de 2013

Chupeta, como tirar?

Ja pus na minha cabeça que quero ver se consigo tirar a chupeta da Manu no maximo qdo ela fizer 2 anos e meio...hoje ela realmente so usa mais para dormir. As vezes ela esta sem a chupeta e diz: qué pepeta, qué naná! Ou seja, ela ja entendeu bem que a pepeta eh para dormir.

Logico, se ela ve a chupeta dando sopa ela vai la e poe na boca, mas eh so pedir que ela entrega.

Mas voltando, gostaria muito de conseguir tirar esse habito dela ate ela completar 2 anos e meio. A dentista da Manu disse que a chupeta deve sumir até um dia antes dela completar 3 anos, mas tenho reparado que a Manu esta cada dia mais dentucinha, entao pra que prolongar?

O problema eh que eu nao sei nem por onde começar esse processo!! Serio..ja ouvi mae dizer que se fizermos furos nas chupetas, a criança perde o interesse...outras combinam com a criança de ir numa loja e trocar as chupetas por um briquedo...outras entregam pro coelhinho, pro papai noel, pra fadinha, pro homem do saco, wahetever...

Mas e ai, o que funciona mais? Alguem tem alguma dica para me dar?

quarta-feira, 31 de julho de 2013

Esconde-esconde


Manu aprendeu a brincar de esconde-esconde. E ela o faz direitinho. Afunda o rosto na parede, conta ate 10 e sai em busca da gente pela casa. Ontem ficamos quase 1 hora brincando de esconde-esconde. Ora ela procurava, ora ela se escondia. Uma delicia. Uma farra.

Eh tao legal essa sensação de ver que o filho está crescendo, ne?

terça-feira, 30 de julho de 2013

Orelha furada


Furei as orelhas da Manu quando ela tinha apenas 10 dias. Uma enfermeira da maternidade que furou. Hoje eu tenho mais consciência da loucura que fiz, já que agora, mais informada, sei que é mais recomendável furar as orelhas após os 2 meses, por conta das vacinas, como tb sei que há especialistas em acupuntura que fazem esse serviço.

 Mas enfim, furei, não tivemos qq problema. O único problema eh que desde sempre eu achei que os furos não ficaram iguais, mas apesar de incomodada com isso, deixei como esta. No entanto, a Manu cresceu e, claro, sua orelha tb. E com isso eu percebi que além dos furos não terem ficado iguais, eles ficaram muito altos, bem fora do local adequado para isso. Pensei mil vezes se devia deixar fecha-los e furar de novo. Mas, se é só por questão de estética, decidi que não mexeria neles.

 Até que em um dos furos formou uma espécie de carne esponjosa. Vc aperta o lóbulo da orelha e sente um carocinho dele. E por conta desse carocinho, eu não consigo mais colocar o brinco da Manu que caiu na semana passada. Conclusao, se antes tinha duvida se furaria de novo ou não, agora não tenho. Tirei o outro brinco e vou esperar fechar os dois furinhos para furar de novo. Não vai ser fácil, afinal Manu já esta maior e não deixa mexer na orelha com facilidade.

Mas, por outro lado, agora estou mais informada. Já estou com o contato de dois profissionais, acupunturistas, especializados nisso...eles não so medem para os furos ficaram certinhos, como tb buscam o melhor ponto, segundo a acupuntura, para isso.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Medo de Barulho

Já faz uns dois meses que tem um bendito apartamento abaixo do nosso que esta em obras, com uma quebraçao e barulho ensurdecedor. Desde o inicio das obras Manu desenvolveu um pavor absurdo por barulhos oriundos de maquinas, furadeira, britadeira, serra elétrica, até cortador de grama. Juro, eh so começar o barulho que ela grita, chora e se agarra no meu pescoço, dizendo baruio, baruio.


Já teve vez de eu descer no parquinho do prédio e o prédio vizinho ligar uma serra e ela se agarrar em mim e pedir para ir embora. Outra estávamos indo pro Parque e ouvimos o cortador de grama. Pronto, Manu pediu colo e so sossegou qdo nos distanciamos do cortador.

Não sei muito o que faço com ela. Dou carinho, explico que eh so barulho, que o barulho não faz nada, digo que não precisa ter medo, que estou ao seu lado e bla bla bla, mas de nada adianta. O medo persiste.

Alguma sugestão?

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Algumas perolas

Sempre quis anotar as perolas da Manu, que estão ficando cada vez mais frequentes, mas quem eh que se lembra de fazer isso? Eu não, ihihih.


Mas algumas eu consegui guardar na cuca.

- Estava andando com a Manu na rua e ela parou na frente de um prédio, que tinha uma placa grande com o numero e nome do edifício. Numero: 560...e ela começou: 5, 6....e parou. E eu, me questionando se ela saberia o numero zero, já que nunca a vi falando esse numero. Entao ela solta: 5, 6....Ó (letra O). Achei muito fofo o raciocínio.

- Manu já esta se defendendo contra as investidas da Cuca qdo ela vem querer lhe roubar uma bolacha. Da ultima vez ouvi um bom: Sai Cuca, ete bicoito é meu.

- Estávamos saindo de casa e eu disse: Manu, vai chamando o elevador. De repente eu escuto: elevadooooorrrrrr!!!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Mãe, um ser bipolar

Depois que virei mae descobri que as mães são seres bipolares, que caminham de um extremo ao outro na maior facilidade, vao do 8 ao 80 em questão de segundos. Tá, estou generalizando, pelo menos essa mae aqui descobriu, com a maternidade, ser assim.

 
Um dia quer encher a filhota de beijos e abraços. No outro, tem vontade de estrangula-la.
Um dia não ve a hora da filha crescer, para aquela fase chata passar. No outro, olha as fotos dela bebe e lamenta como o tempo passou rápido.
Um dia adora o grude, adora ser demandada, como se fosse a única pessoa na vida da filha. No outro, td que quer eh um dia inteiro sem a filha, so pra se sentir qualquer outra coisa, menos mãe.
Um dia chora de emoção e orgulho da filha. No outro, chora de raiva.
Um dia deseja ter mais 3 filhos. No outro tem a certeza que filho único é a melhor coisa do mundo.
Um dia olha com ternura e amor para a filha. No outro, olha cansada e sem paciência.
Um dia tem vontade de comprar a loja de brinquedos inteira para a filha. No outro, diz não quando a filha quer porque quer aquela bonequinha linda.
Um dia tem certeza que esta educando corretamente a filha. No outro se questiona se está no caminho certo.
Um dia transforma a casa numa grande brinquedoteca. No outro arranca os cabelos com a bagunça que está a casa.
Um dia briga com o marido porque comprou bala para a filha. No outro da a bala escondido. 

Mas o mais importante:

Um dia ama muito a filha. No outro, ama ainda mais, pq apesar das dificuldades e desafios, o amor só cresce!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Homeopatia

A pediatra da Manu, além de alopata, é também homeopata. Confesso que nunca fui muito fã de homeopatia e por isso, ela nunca havia prescrito nada em homeopatia para a Manu, isso até uns 3 meses atrás. Depois de três crises seguidas de bronquite, de muito Predsin e Berotec, a pediatra resolveu cuidar dos brônquios da Manu, ao invés de tratar os sintomas quando a crise pintava.

 Para isso, prescreveu dois produtinhos de homeopatia, para eu dar por 3 meses para a Manu, diariamente. E assim, meio que descrente, eu comecei. E agora venho dizer que paguei com a língua. Faz dois meses que a Manu esta tomando as bolinhas, o mesmo tempo em que ela esta sem crise. Isso mesmo, já sobreviveu a entrada do inverno, as milhares de mudanças de temperatura que tivemos, às noites frias e dias quentes e, até agora, Graças a Deus, nenhuma crise. Ate guardei o inalador e que permaneca lá, no fundo do armário, ad eternum!!

 Ah, uma tossinha eventual, vira e mexe ela tem, mas a crise mesmo, de tossir sem parar, faltar ar, cansar, isso ela não teve mais. Santa Homeopatia, acabei de me apaixonar por vc!!

terça-feira, 16 de julho de 2013

Agressiva

Manu anda agressiva. Ela esteve agressiva um tempo atrás, passou, mas agora voltou. Voltou a bater...se não consegue o que quer, bate, bate no primeiro que cruzar na sua frente. Se alguém vem lhe tirar algo, bate também. E as vezes bate, pelo simples fato de bater...penso cá com meus botões que essa ultima é pura e simplesmente para chamar a atenção.

 Já dei bronca, já expliquei que não pode, já coloquei de castigo, mas parece que nada disso resolve.

 A gota d´agua foi ontem. Pela primeira vez veio anotado na agenda da Manu que ela estava agressiva e que tinha batido em vários coleguinhas. Morri. Morri pq estou fazendo td que me ensinaram, estou tentando ao máximo educa-la da melhor forma, mostrando o certo e o errado, mas então, no que estou errando? Ou será mesmo que estou errando?

Conversei com a minha terapeuta, e ela me explicou que Winnicot, um psicanalista infantil inglês, que estudou muito o comportamento das crianças dizia que a criança ate os 6 anos esta na fase de egocentrismo, ou seja, td eh ela..ela deve ser o centro das atenções, ela deve conseguir td o que quer e deseja, ela ela ela...Claro, isso é o que ela quer, mas não é o que ela tem. E, ao ver que o resto do mundo não compartilha do seu egocentrismo ela extravasa...alguns batem, outro se jogam no chão, fazem escândalo...a tendência eh que a medida em que for vendo que o mundo não gira ao seu redor, ela vai mudando e melhorando. Assim espero..pq juro não estou gostando nada disso, fico ate tensa qdo a Manu brinca com outra criança, fico so esperando a hora do ataque.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Desfraldou!

Pronto, o processo de desfralde da Manu acabou. Manu esta desfraldada (de dia). Agora ela já pede pra fazer xixi e coco, já consegue segurar o xixi se preciso, já tira as sonecas de manha sem fralda e, qdo colocamos a fralda nela para dormir, se ela ainda estiver acordada, ela pede pra usar o banheiro e não adianta dizer que ela esta de fralda que pode fazer, ela não faz, ela segura ate levarmos ela no banheiro e arrancarmos a fralda.

Eh, Manu esta virando mocinha.

 
Próximo desafio: CHUPETA!!!

quarta-feira, 3 de julho de 2013

A nova escola da Manu


Pronto. Acabaram as visitas. Depois de ter visitado uns 10 colegios prometi ao marido que não iriamos visitar mais nenhum. Já temos a escola da Manu pro ano que vem? Não. Estamos entre 2, muito parecidas entre si. A primeira conclusão que eu tirei depois dessa via sacra foi que não existe o colégio perfeito. Todos tem seus pros e contras e temos que aprender a viver com isso.

 Alguns odiamos no minuto que entramos. Outras ficaram no patamar do não fede nem cheira. Ou seja, não odiamos, mas tb não caímos de amores. E três a gente gostou, balançou, nos empolgou, dessas uma já descartamos pq fica fora de mao (já que se Deus quiser ate o final do ano a gente muda de bairro) e as outras são essas duas que ficaram pra final.

 Uma delas tem a vantagem de ser perto de onde, se Deus quiser, iremos morar. Gostei da proposta pedagógica, do espaço do colégio como um todo e de que há a possibilidade de integral, caso um dia eu precise. Mas não curti muito o espaço voltado ao fundamental em diante. A parte do Infantil eh linda, super lúdica, cheia de áreas legais pras crianças brincarem, mas qdo elas vao pro fundamental e mudam de prédio, parece outra escola, senti ate um choque, td concretado, sem nem um parquinho para eles brincarem no recreio. Fico pensando se a Manu tb não sentiria esse mesmo choque. Outro ponto eh que se ela fosse pra essa escola, ela entraria no bilíngue deles, so que o bilíngue deles a partir do fundamental fica bem puxado, eh das 9h30 as 17h30 já que ela teria aulas de todas as matérias nos dois idiomas e isso eu acho demais da conta. Claro, tenho sempre a opção de qdo ela chegar no fundamental tira-la no bilíngue e coloca-la no normal.

A outra eh um pouco mais longe, tem uma área linda, enorme, com bosque e milhares de lugares para as crianças explorarem. Gostei tb da parte pedagógica e principalmente da preocupação da escola com os valores. La não tem a opção de integral, então se um dia eu precisar terei que me virar de outro jeito. Já conversei com mães que estão adorando a escola e tb com mães que não curtiram tanto assim. A principal queixa das que não curtiram eh que eles são super rigorosos com disciplina e a parte pedagógica eh bem puxada, a la lição de casa todos os dias, inclusive nas férias. Sempre estudei em colégio forte, mas fico pensando se mesmo eles sendo assim, ainda sobra tempo para a criança ser criança e principalmente, criar. Tb me questiono se não eh melhor ser assim do que mais solto e flexível. O engraçado eh que qdo eu fui visitar a escola eu não tive essa sensação de rigidez e de rigor nos estudos, pelo contrario, nas turmas de 3 e 4 anos, não tem nem mesinhas nas salas, eh td feito no chão e em roda.

 Enfim, estou nesse impasse. Ainda vou conversar melhor com o marido sobre isso, colocar td na balança....Mas uma coisa o marido tem razão: Re, nada eh definitivo. Se a gente escolher uma e não curtir, muda! Manu ainda esta na fase de que escola eh pra brincar, então sempre eh possível muda-la, desde que ela continue tendo com o que brincar e com o que explorar.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

E o dia finalmene chegou...

Finalmente chegou o dia que eu tanto esperava desde que a Manu começou na escolinha, o dia que ela ia entrar na escola feliz da vida, sem nem se importar com a minha presença e/ou ausência! Demorou, mas esse dia chegou.

Isso mesmo, já faz quase dois meses que Manu parou de chorar, choramingar, fazer manha, o que seja pra entrar na escola...parece que no dia que ela fez 2 anos ela virou uma chavinha e se tornou uma criança mais independente e segura, pois foi a partir dessa época que os choros e choramingos na entrada da escola simplesmente sumiram. Manu passou a entrar bem, sem chorar, de mãos dadas com a secretaria.

Já estava achando isso o máximo do máximo. Mas o melhor ainda estava por vir. Semana passada Manu passou a entrar rindo e saltitante. Isso mesmo. Saltitante. Já vi ela ir andando pra sua salinha dançando. Eh, estamos falando da mesma Manu. Nada como respeitar o tempo de cada criança. Nada como mostrar que estaremos sempre ao seu lado, que ela nunca ficara sozinha, para que ela sentisse se segura no seu tempo.

Feliz com isso. E so pensando que no ano que vem ela ira para uma escola nova.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Medo mamãe

Manu, a criança mais destemida que conhecia, começou a ter medo das coisas. Talvez pq agora ela já tem um pouco de noção das coisas e de seus perigos ou pq ela já vivenciou alguma situação que ela não tenha gostado e portanto, passou a ter medo.


Agora ela tem medo de formiga. Motivo: levou uma picada no pé. Antes ela ficava admirada com a formiga, hoje ela ve uma e vai logo querendo matar. Ja dissemos que a formiga não faz nada, que eh so não por a mao que ela não pica. Pica sim, mamãe. Entao tá.

Adora escorregador, menos o amarelo do clube. Motivo: um dia caiu dele. Desde então, qdo chamamos ela pra ir nele, ela diz: não mamãe, Manu cai! E vai convence-la do contrario.

O escuro tb virou motivo de reclamação. Tá escuro mamãe. Já perdi as contas de quantas vezes ela pediu pra dormir com a luz do quarto acessa. Não sei de onde veio isso. Sempre dormiu no escuro. Vai entender.

E sempre que ela se ve numa situação nova, a primeira palavra que solta eh: Medo mamãe...para então ouvir, que medo o que, não precisa ter medo!!

E assim vamos, matando um medo de cada vez!

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Qué Bincá

Pronto. Manu descobriu o que eh brincar. E pior, descobriu que brincar he mais legal que tomar banho, que comer, que dormir.


Manu, vem tomar banho! Não mamãe, qué bincá!

Manu, hora de dormir! Não mamãe, qué bincá mais! Vem, mamãe, vem bincá!

Terminando de tomar o tetê assim que acorda: tó mamãe...vem, vamu bincá!!

Eh nessas horas, como diz o marido, que um irmãozinho faz falta..um amiguinho pra bincá!!

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Festa da Manu - Fotos da Decoracao

Semana passada recebi o CD da fotografo com as fotos da festinha da Manu. Como ja havia dito aqui antes, o tema foi Minnie e eu que montei a decoracao da festa (exceto o painel de baloes da minnie e o bolo cenografico)...desta vez deu um trabalhao, mas o resultado ficou lindo, eu particularmente fiquei bem feliz.

Seguem algumas fotinhos.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Ida ao oftalmo...

Semana passada levei a Manu pela primeira vez ao oftalmo, uma medica do meu convênio, que me indicaram. Já fazia um tempo que percebia que a Manu estava piscando forcado, achei que pudesse ser por causa do clima seco, falta de lubrificação, whatever.

A medica examinou a manu de cabo a rabo, checou o grau do olho, fez ela ler as figurinhas nas paredes ( adorei, com criança não sao letras e números e sim figuras, e lá ia a manu: bolo, piu piu, mão, etc), viu o fundo do olho, tudo. E a Manu? Se comportou como uma lady, não reclamou um minuto sequer e ainda levou a Bebe, sua boneca para ser examinada tb.

Resultado: manu não tem nada. Segundo a medica o pisca pisca dela êh tique, comum em crianças de até 3 anos.  Ela tb explicou que até os 6 anos todas as crianças tem um certo grau de miopia, que o importante êh que os graus sejam iguais nos dois olhos e que eles reduzam com o tempo.  Por isso que a partir de agora o acompanhamento da Manu devera ser anual, para ela ir checando a evolução ou regressão do seu grau.

Então, fica a dica, se vc ainda não levou seu filho no oftalmo, não custa nada levar.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

O desfralde - evoluindo

Entao, Manu esta indo bem com o desfralde. Ja arrisquei sair com ela sem fralda e ela agora ja vai pra escola sem fralda. E o coco? Vitória!!! Manu nao so ja se acostumou a fazer no troninho como ela agora pede pra fazer coco. Isso mesmo. Manu ja consegue identificar a vontade de fazer coco e pede pra sentar no troninho e la fica ate fazer td.

O xixi a estoria é outra. Ela ainda nao captou bem os sinais do xixi, entao continuo levando ele de tempos em tempos. Quando nao levo, eh batata, faz na calça. Agora aumentei para 1h / 1h20 pois ja percebi que ela ja consegue segurar a vontade e, antes desse tempo, ela nao quer fazer, se recusa a sentar na privada.

Alias, como podem ver, xixi faz na privada e coco no troninho. Segundo a pediatra eles começam fazendo o coco primeiro no troninho pq eles precisam do apoio dos pes no chao para ajudar a fazer força pro coco sair e na privada eles nao tem esse apoio. Com o tempo eles aprender a fazer a força sem precisar do apoio e eh ai que passam a fazer o coco na privada. Entao tá.

To feliz com a evoluçao. Sem estresse, sem apressar ela, tudo no seu tempo, fazendo festa a cada xixi e coco feitos no lugar certo. E assim vamos.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Pula a Fogueira Iaiá

Semana passada tivemos a festa junina da escola da Manu. Foi na Cia dos Bichos, em Cotia. O máximo. Ja tinha ido la com a Manu, mas nessa época eles transformam o espaço num super arraial, voltado às crianças, com comidas tipicas, jogos, brincadeiras, os monitores a carater, tudo lindamente decorado. Foi bem legal...so nao foi legal pq a Manu como sempre, se recusou a dançar, rs. Ja disse pra professora que a minha esperança eh que ao menos ela consiga dancar a valsa na sua festa de 15 anos, hahahaha.

Segue algumas fotinhos da minha caipirinha.

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Reconhecida no Clube

Gente, algo muito inusitado aconteceu comigo no clube semana passada (nem acredito que a semana passou e eu nao consegui vir aqui um unico dia postar). Uma leitora do blog me reconheceu, ou melhor, reconheceu a Manu, que brincava no parquinho e veio me perguntar se eu nao era a Renata do A Caminho da Maternidade.

Na hora fiquei ate boba, nunca imaginei que um dia fosse ser abordada assim, na rua..mas adorei. Bem, nem preciso dizer que engatamos um super papo, sobrando pros marido ficarem de olho nas filhotas.

Cintia, obrigada pelo reconhecimento e por ser leitora aqui. Sua filhota eh uma fofa. Parabens.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Iniciando o desfralde

Faz duas semana que a Manu iniciou o desfralde na escola. Assim que ela chega na escola, eles tiram a sua fralda e so a colocam de volta depois do jantar, quando a arrumam para ir embora.

De tempos em tempos, a professora leva a turminha toda pra fazer xixi. Por conta disso, nesses 15 dias, so teve dois escapes, todos os xixis da Manu foram feitos na privada. Mas, isso nao quer dizer que ela esteja pronta pra largar a fralda de vez. Nao.

Segundo conversei com a professora, nem ela, nem os coleguinhas ainda tem a percepçao da vontade de fazer o xixi, so qdo ele ja sai, por isso que eles levam as crianças de tempos em tempos no banheiro, ao inves de esperar eles pedirem. Esse processo nao eh para a criança largar a fralda em 3 dias, mas sim para ela ir se acostumando a ficar sem a fralda e, principalmente, a aprender a fazer xixi e coco na privada.

Com isso, no feriado também deixei a Manu sem fralda, de tempos em tempos levava ela no banheiro. Comecei com intervalos de 20 minutos, depois 30, ate chegar a 40 minutos. Nao vazou nenhuma vez, mas o coco ela nao nao conseguiu fazer na privada. A unica vez que deu vontade e ela estava sem fralda, ela fez na calcinha. OK, no stress.

E ontem, estava com ela brincando no parquinho e quis testar, queria ver se ela ia me avisar de quando estivesse com vontade ne fazer xixi. Nao avisou. Fez nas calças. Disse pra ela que tudo bem e que se na proxima vez ela se lembrar de me avisar antes de fazer, que a gente faz na privadinha, que eh onde o xixi vai.

Vamos ver. Nao estou com pressa. Pelo contrario, nao quero eh gerar trauma ou forçar a quinta do fusca, como diz meu irmao. Tudo ao seu tempo.

So espero que esse seja o caminho certo pro desfralde. Se alguem que ja passou por isso puder dividir sua experiencia comigo, agradeço.




quinta-feira, 6 de junho de 2013

Saindo so papai e mamae

Nao tenho mae. Também nao tenho baba. Tenho sogra, mas mora a uma hora de casa. Por conta disso, desde que virei mae, programa so eu e meu marido nunca mais existiu. Ou Manu vai junto ou nao vamos, pois simplesmente nao temos com quem deixa-la.

Tá, to exagerando. Saimos, duas vezes. Uma há uns 2 meses e outra essa terça. Nas duas vezes a Cida, ajudante do meu pai, veio ficar com a Manu. No entanto, na primeira vez que saimos, a Manu ja estava dormindo e nem tchum.

Mas essa terça, a historia foi beeeem diferente. Manu estava acordadissima. Quando disse a ela que papai e mamae iam sair, que ela ia ficar com a Cida, mas que logo a gente estava de volta, a bichinha abriu o berreiro, se agarrou no meu pescoço, se jogou no chao, fez o escandalo. O choro era tao alto que eu a escutava na garagem do predio, sério.

Sai com o coração na mao, afinal, ela nunca tinha sido deixada pra tras. Deu 5 minutos que saimos, liguei em casa e ja nem tchum dela, estava quietinha brincando.

Fomos, jantamos, voltamos. Quando chegamos a Cida nos conta que ela foi dormir era 22h (isso porque ela dorme as 20h30), que dormiu no sofa, nao queria arredar o pe de la, era como se ela estivesse fazendo o maximo de esforço para se manter acordada ate a gente chegar.

Dai, de madrugada ela acordou e chorou, chamando mamãe. Quando cheguei no quarto e ela me viu, ela perguntou, e o papai? Papai chegou? E eu, sim, papai ja chegou e esta nanando. Foi o suficiente para ela se virar e voltar a dormir.

Eh muito amor.

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil

Começa esse sábado, dia 8, a Campanha de Vacinação contra a Paralisia Infantil, em todos os postos de saúde do pais. A Campanha vai até o dia 21 de junho.

Todas as crianças de 6 meses a menores de 5 anos devem ser vacinadas. Não deixe de levar seu filho.


domingo, 2 de junho de 2013

Projeto "Perder para ganhar"

Ta, o nome do projeto não êh dos mais animadores, mas isso que pretendo. Preciso perder de 8 a 10 quilos  antes de encomendar um irmaozinho pra manu, isso pq voltei ao peso que estava qdo engravidei da manu, só que já engravidei bem acima do meu peso.

Então decidi, essa semana eu inicio o projeto. Já entrei em contato com a minha nutricionista, já me matriculei na academia, na contours, aquelas academias de mulher (fiz uma vez e gostei) e já tornei o nome do projeto meu mantra.

E enquanto eu não perder esses quilos, nada de acido folico, nada de liberar a fabrica , nada...e considerando que eu quero engravidar até o final do ano, então eu não tenho mais tempo a perder. 

De tempos em tempos vou vir aqui postar o status  do projeto, quem sabe vcs não me ajudam a me manter firme nele.


terça-feira, 28 de maio de 2013

Puxou a mãe

Ja desisti de achar na Manu alguma semelhança fisica comigo. Não adianta, cada dia que passa parece que ela fica cada vez mais a cara do pai e cada vez mais a cara da sogra. Paciencia, fazer o que, ne? O importante é que tenha saúde, hahaha.

Maaassss, cada dia que passa e que ela vai mostrando a sua personalidade, vai falando mais, estou vendo agora muitas manias e jeitos iguais a mim...eh, o gene interno pelo menos não me deixou na mão!! Quer alguns exemplos:

- Manu so come bolacha recheada separada. Juro que nao ensinei isso a ela. No primeiro dia que ela comeu uma bolacha, ela disse: abe mamae..pra eu separar os lados.
- Manu, assim como eu, perde a paciencia quando nao consegue fazer alguma coisa. Infelizmente ela tb herdou as coisas ruins, hahaha.
- Manu dorme mexendo os pés, isso desde bebe.
- Manu também tem horror em vomitar. Eu quase infarto cada vez que vomito, choro horrores. E ela, é igual. Chora, morre de afliçao, tenho que tirá-la do ambiente para ela não ver seu vômito.
- Manu adora sapatos. Juro, acho que se der uma Barbie e um sapato para ela escolher, bem certo que ela escolha o sapato.
- E ela amaaaa Barbie, que foi sempre a minha boneca favorita. Ate hoje eu tenho todos os moveis e roupinhas da minha epoca de Barbie. E o interessante é que nao fui eu quem introduzi a Barbie para ela. Ela mesmo descobriu a boneca na casa da minha sobrinha e nao mais largou.

Ta vendo...ate que em algumas coisas a Manu puxou a mãe, rs.

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Declaração de Amor

Ontem recebi a declaração de amor mais linda da minha vida.

Estava saindo com a Manu, peguei ela no colo, ela me abraçou bem forte e sussurrou no meu ouvido: Mamae, te amo!

O sussurro foi baixo, fiquei ate na duvida se realmente tinha ouvido aquelas lindas palavras. Entao perguntei: Quem ama a mamae? E ela, a Manu!

Ploft, morri!

Nem contei pro marido para ele nao ficar com ciumes, rs.

terça-feira, 21 de maio de 2013

Gaivotas do Nemo

Vcs com certeza devem ter assistido ao filme Nemo...alias, a Manu assistiu uma única vez e desde então, toda a vez que ela ve um peixe palhaço ela diz: Nemo! Mas voltando, lembram da cena das gaivotas, aquelas que ficavam nos mastros dos barcos e dai qdo o Pelicano passa com os peixes na boca elas começam a gritar: Meu, meu, meu, meu?? Entao, Manu entrou na fase das Gaivotas do Nemo!

Pois eh, agora tudo eh meu e minha, meu e minha, meu e minha. Tudo. Domingo fomos na festinha de um amiguinho e eu disse: Manu, vamos na festinha do Joao. E ela na lata: Minha festa! O presente do Joao estava embrulhado, lindo sobre a mesa. Manu foi la e disse: Abe mamãe..e eu, não, esse presente eh do Joao. E ela: é meu, meu...

Sentiram o drama, não? Está assim, uma gaivota do Nemo! E com essa fase, veio tb a resistência em emprestar aquilo que é seu, afinal, é meeeeuuuuuuuuuuu!! Juro que antes a Manu emprestava td numa boa, agora, eh meeeeeeuuuuuuu e o meu as vezes ainda vem acompanhado de um tapinha dela, qdo ela ve que vai perder a parada. Tá fácil, viu...haja paciência, muito bla bla bla, muito jogo de cintura...

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Gripe X Resfriado

 
 
Em tempo, ainda nao dei a vacina de gripe na Manu. So agora que ela esta melhorzinha do resfriado que ja estava virando inquilino.

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Minha Phelps

Manu teve apresentaçao de natacao na semana passada...esta cada dia mais peixinha!

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Aniversario da Manu - Festa na Escola

Na festa de aniversario da Manu no sabado foi so pros amigos off school e familiares. É que depois de muito pensar, decidimos fazer uma festinha pra ela na escola, pois sairia mais em conta.

Encomendei salgadinhos, docinhos, bolo e suco. E os pais podiam participar. Chegamos com a Manu as 13h na escola, enquanto o marido ficava brincando com os coleguinhas dela, eu fui ajudar a montar a festa.


O legal da escolinha da Manu eh que por ela ser super pequena, a festa não eh so pra turminha dela e sim pra escola toda. Umas 50 crianças, uma loucura, uma diversão. Na hora do Parabens, imagina, 50 crianças cantando Parabens pra Voce com todo o ar dos pulmaos..gente, a Manu ficou tao animada, que ela batia as palmas com tanta força e empolgação, dai ela parava um pouco, como que não acreditando que aquilo era pra ela..foi emocionante. Ela amou. Ficou realmente feliz com a sua festinha.

E o mais legal ainda eh que depois da festa, antes de cada turma voltar pra sua sala, eles colocam o aniversariante numa cadeirinha e fazem todos os alunos lhe darem um beijo e um abraço de parabéns. Achei isso muito fofo...td bem que cada beijo que a Manu ganhava, ela limpava a bochecha com a mao, hahahaha.

Depois da festinha, deixei a Manu na escola e fui pra casa pra começar a montar o salão do prédio pra festinha dela que seria no dia seguinte.

terça-feira, 14 de maio de 2013

Aniversario da Manu - Festa

Manu fez 2 anos sábado. 2 anos. Nem da pra acreditar, ne? A sensação que eu tenho eh que o primeiro ano demorou horrores pra passar, em compensação o segundo, foi eu piscar os olhos que a Manu está com 2 anos!! 2 anos!! E sabe o que isso significa, que ela não é mais bebe. E não é mesmo, Manu já é uma menininha, linda, cheia de vontades, com personalidade forte, falante, divertida e, a cada dia, está se tornando cada vez mais minha companheira e isso é demais! Filha, parabéns meu amor. Mamae te ama muito, muitao, muitaozao.


E no sábado mesmo comemoramos seu aniversario com uma super festa no salao do prédio. Tema: Minnie Rosa. Olha, essa deu trabalho, mais do que imaginei. Pensei em cada detalhe, idealizei a mesa do bolo, a decoração das colunas do prédio, tudo...era mais de 14h e eu ainda estava montando o salão, isso pq a festa começava as 15h, mas no final, o resultado me surpreendeu. Ficou lindo!!

E a Manu? Nossa, ela amou!! Na hora que eu desci com ela e ela viu o salão pronto, ela disse: A Minnie...eh filha, td era minnie, td era rosa, pink, branco e preto. Bom, nem preciso dizer que ela não parou um minuto. Tinha horas na festa que eu nem sabia onde a Manu estava...essa foi uma diferença em relação a festa do ano passado. Mesmo ela já andando bem na festa de 1 ano, a Manu ainda não era independente, então, sempre tinha que estar eu ou o marido com ela. Esse ano, não. Manu estava livre, leve e solta, curtindo cada minuto, cada cantinho da sua festa. E com isso, papai e mamãe tb conseguiram conversar com os amigos, se desligar dela, enfim, curtir a festa.

Quando a festa acabou e finalmente desmontamos o salao, o marido disse: Fiquei muito orgulhoso de vc e do trabalho que vc fez, mas promete que no ano que vem faremos a festa num buffet? E eu disse, até la tem tempo, mas se depender de mim, ainda será no salao, porque pra mim a festa no salao do prédio, apesar do trabalho que dá, fica tao mais pessoal, as crianças brincam juntas (já que não tem varios brinquedos para elas se dispersarem), eu gasto pelo menos metade do que gastaria no buffet e, cá entre nos, é muito bom a sensação de que td deu certo e vc ficou feliz com o resultado do seu trabalho, ne?

So tirei foto da mesa. Quando a fotografa liberar algumas fotos, eu venho aqui postar.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Feliz Dia das Maes

Dei uma sumidinha esses últimos dias porque estava numa loucura alucinante com os últimos preparativos da festinha da Manu, que foi esse sabado. Como diz meu marido, vc inventa pra cabeça de querer fazer toda a decoração, agora guenta. Mas valeu, valeu cada minuto dedicado, porque a festinha foi linda. Depois venho falar dela.


Mas queria aproveitar esse post pra desejar a todas um Feliz Dia das Mães. Ate diria que o post esta atrasado, mas se pensarmos bem, todos os dias são Dias das Mães. Afinal, tem algum dia que a sua filha passa sem chamar maaaaeeeee? Ou tem algum dia que por um único instante vc ate esquece que é mãe? Naaaaaooo. Ou tem algum dia que passa sem pensar na sua filha? Naaaoooo. Entao pronto. Voce é mãe. Mãe 365 dias ao ano.

Por isso te desejo um Feliz Dia das Maes, hoje, amanha, depois de amanha, sempre!!



PS: Marido saiu agora, com a Manu, para me comprar um presente de Dia das Maes. Sim, ele esqueceu, disse que não teve tempo. Mato agora ou depois? Mas td bem, se, como eu disse acima, hoje tb eh Dia das Maes, então eu aceito o presente hoje, hihihihi.



sexta-feira, 3 de maio de 2013

Mommy and Daddy

Gente, um mês de aula de inglês e já estou vendo resultados encantadores. Semana passada estava brincando com a Manu e ela me solta, esse não Mommy (morri)...dai pra ter certeza que tinha ouvido direito, perguntei: quem eh mommy. E ela, mamãe! Morri de novo. Dai perguntei, e o papai? Daddy, ela respondeu.


Passou um tempo ela solta um cat...dai pergunto: vc quer falar com a tia Kath (minha cunhada chama-se Kathleen) ? E ela, não mamãe, cat, gato! Nossa, e o au au, como chama? Puppy...

No dia seguinte, entramos no carro e ela pede: ingues mamãe. Voce quer ouvir as musiquinhas? E ela, qué...pus o CD com as musiquinhas da aula e voila, chegamos na musica 20 e la vem a Manu soltando a voz em inglês. Nossa, minha vontade era parar o carro e aperta-la de tanta gostosura.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Deixada pra tras

Sabe aqueles casos de pais que esquecem os filhos no carro? Então, isso acontece e êh mais freqüente do que imaginamos, só mudar a rotina, a cabeca estar em outra orbita e tudo eh possível

Pois bem, de uma forma beeeeeem leve, isso aconteceu aqui, com meu marido e a manu. Tínhamos descido pra praia. Quando vamos pra lá, marido volta a ser adolescente, ele se junta com a garotada do condomínio e sai pra surfar com eles, meio como o tiozao legal, que manja muito de ondas e adora ensinar a tchurma.

Êh tanto que qdo a gente desce eu tenho sempre que lembra-lo que ele tem esposa e filha, porque se deixar, ele passa o dia com os "amiguinhos" e esquece da gente, até filar bóia na casa de um ele vai, rs.

Pois bem, voltando ao lance do carro. Marido e mais 4 adolescentes decidiram pegar o carro para ver se tinha onda numa praia vizinha. Manu quis ir junto. Ok. Eis que eles chegam na praia, param o carro e caminham até o mar pra checar a ondulação.

Nisso  um dos meninos diz: o, cara, e a menina? Meu marido: que menina? E o menino: Sua filha! Marido nem respondeu, saiu correndo pra resgatar a manu do carro. Quando chegou ela estava lá, quietinha, brincando com a boneca, ele abriu a porta, ela sorriu.

Claro, nisso td, não se passaram nem 5 minutos, estava chovendo...mas mesmo assim, êh aí que a gente entende que quando vemos esses casos na televisão, compreendemos que isso êh possível, e pode acontecer com qq um, até com os pais mãos dedicados do mundo.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mardito chocolate. Mardita bala.

Que a Manu puxou 100% a aparência do pai ou da sogra, isso não tenho mais duvida e nem mais esperança de mudar. Mas tem algo que ela puxou de mim e juro que preferia que não tivesse. Ela eh viciada em doce. Ai santo, já estou prevendo o que vem pela frente...so que o problema eh que ela quer comer chocolate e bala todos os dias, o dia inteiro. Se deixar ela acaba com o saco de confete e o pacote de bala.

Tento despistar. Tento enganar. Tento esconder. Mas nada disso adianta.

Já avisei ao marido pra não dar isso durante a semana, antes das refeições, enfim, limitar ao máximo o acesso. Mas vc acha que funciona? Naaaoooo...ontem mesmo foram na padoca e qdo vejo, Manu, as 9h da noite, traçando uma caixinha de mentos mini. Quero morrer. Tb tenho a minha mea culpa, afinal, eu tb dou chocolate pra ela (bala não, isso eh coisa do pai, que ama balas), mas se arrependimento matasse, juro que não teria introduzido ela nesse universo mau dos doces, pq a bichinha viciou legal!

E o pior foi ouvir essa semana da pediatra que eh pra evitar ao maximo, dar apenas esporadicamente doces para ela, porque ela ainda esta na fase de definir o paladar e se ficar dando doce, o paladar dela vai acostumar com o doce e ai e um pulo pra ela comecar a recusar frutas mais azedas, comida salgada e por ai vai. Segundo a pediatra, nao podemos nem ter em casa e se tiver, nao pode estar a vista. Entao, vai agora contrariar o leozinho aqui de casa, vai...

Sabe o quadro do final de semana que fica na geladeira? To pensando seriamente em fazer um com regras de alimentação e pregar na parede da cozinha. Será que funciona?

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Cadê a minha Caloi?

To pensando seriamente em comprar uma bicicleta pra Manu de aniversario, aquela pequenina, aro 12. Será que ainda é muito cedo? Ela nem da bola pro tico tico dela, mas ama o seu patinete e toda e qualquer bicicleta que ve. Hummm, será que se eu não jogar a bola os avós não dão pra ela de presente?

Olha a manu no patinete descendo a ladeira do Ipiranga

quarta-feira, 24 de abril de 2013

Quanto Pesadelo

Socorro, Manu tem tido muito pesadelo ultimamente. Já são dias em que durmo picado, pq ela chora quase a noite toda. E o engraçado eh que ela chora dormindo, isso mesmo, ela resmunga, chora, diz naoooo, pede ajuda, chama mamãe, tudo isso dormindo. A cada choro eu acordo, mas em 90% das vezes eu nem saio da cama. Fico olhando a baba eletrônica esperando ela se acalmar sozinha. Mas, qdo o choro fica mais intenso e sinto que ela esta sofrendo, levanto e coloco de leve a mao nela so pra ela se acalmar.
A única vez que o marido tentou pega-la no colo, ela acordou assustada e ai o choro foi bem maior e ela, bingo, despertou e ficou simplesmente 2 horas acordada em plena madrugada.
Mas mesmo ela continuando dormindo, eu não durmo. Juro, a cada 20 minutos eh um choro. Conclusao, to parecendo um zumbi. Preciso urgente de uma boa noite de sono. Marido ate propôs da Manu vir dormir no nosso quarto e eu ir dormir no berço dela, hahaha.
Será que tem alguma mandinga pra dar um pouco de paz pra ela a noite? Juro que peço muita proteção ao anjo da guarda dela, mas pelo jeito, ate ele está meio zumbi.

terça-feira, 23 de abril de 2013

Disney on Ice

Queria tanto, tanto, tanto levar a manu no Disney on Ice, afinal, ela está tão numa fase de Mickey, Minnie e Pincesas, que acho que ela ia amar o espetáculo. Mas peloamordeDeus, alguém viu o preço impraticável que eles estão cobrando pelos ingressos?

Juro, broxei legal...imagina comprar pra mim, pro marido e meia pra Manu? Eh muita grana....

Ai ai ai, ainda estou pondo na balança pra ver se vale a pena ou melhor, se terei coragem de gastar essa grana pra duas horinhas de espetáculo...

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Organizando os Finais de Semana

Gente, cansei...cansei de chegar o final de semana e a gente ficar: e ai, o que vamos fazer? Pensa, da ideia, pensa de novo..mas ninguém toma a iniciativa e, quando vamos ver, pimba, finde acabou e não fizemos nada de diferente ou produtivo com a Manu.

Desde o começo do mes a porta da minha geladeira eh a mais nova proprietária do Calendario de Final de Semana da Família Basile Micelli. O Calendario não tem dias uteis, tem so os finais de semana dos 3 meses seguintes e la marco tudo que temos já agendado, tipo festas, shows, etc, tudo com canetinha colorida e letras grandes. Dai os espaços sem eventos, que ficam em branco a gente preenche em família, com ideias de passeios, mas não ideias apenas, e sim definições. Exemplo: Não temos nada no dia x, então esse dia vamos passear na feira da liberdade. Pronto, passeio marcado e agendado.
E nao eh que tem dado certo??

Com o calendário a vista a gente consegue se programar, marcar encontros e ate pensar um pouco mais a frente. E, melhor, finalmente estamos conseguindo reservar um final de semana por mês para descer pra praia.

Minha ideia eh de que qdo a Manu for maiorzinha, ela tb ajude a preencher o calendário com passeios que ela queira fazer.

Fica a dica!



sexta-feira, 19 de abril de 2013

Aula de música

E finalmente, depois de tanto ensaiar, tanto buscar, tanto adiar, levei a Manu para fazer uma aula experimental de interação musical para bebes. E ela amou. Alias, não so ela. Eu tb. Saímos encantadas da aula e ela pedindo mais: Mais Mamae, Mais.

Infelizmente não eh uma aula barata, alias, nenhuma das escolas que eu orcei o preço eh barato, não eh não...e talvez seja por isso que eu posterguei tanto esse momento...mas pensei, pensei e, sendo a Manu uma criança tao musical como ela eh, não me aguentei e marquei a aula experimental. Depois da aula, depois de ter visto o quanto ela curtiu e o quanto ela aproveitou, tocou os instrumentos, dançou e bateu palminhas ate pensei que deveria ter visto isso antes. Mas a professora me tranquilizou e disse que ela ainda esta na época certa, ela me disse que até os 3 anos as crianças são esponjas de conhecimento, tudo e qualquer coisa que vc as ensina elas absorvem com muita facilidade.

Entao, ta..bora fazer a matricula para a Manu começar a frequentar as aulas a partir de maio.