terça-feira, 30 de julho de 2013

Orelha furada


Furei as orelhas da Manu quando ela tinha apenas 10 dias. Uma enfermeira da maternidade que furou. Hoje eu tenho mais consciência da loucura que fiz, já que agora, mais informada, sei que é mais recomendável furar as orelhas após os 2 meses, por conta das vacinas, como tb sei que há especialistas em acupuntura que fazem esse serviço.

 Mas enfim, furei, não tivemos qq problema. O único problema eh que desde sempre eu achei que os furos não ficaram iguais, mas apesar de incomodada com isso, deixei como esta. No entanto, a Manu cresceu e, claro, sua orelha tb. E com isso eu percebi que além dos furos não terem ficado iguais, eles ficaram muito altos, bem fora do local adequado para isso. Pensei mil vezes se devia deixar fecha-los e furar de novo. Mas, se é só por questão de estética, decidi que não mexeria neles.

 Até que em um dos furos formou uma espécie de carne esponjosa. Vc aperta o lóbulo da orelha e sente um carocinho dele. E por conta desse carocinho, eu não consigo mais colocar o brinco da Manu que caiu na semana passada. Conclusao, se antes tinha duvida se furaria de novo ou não, agora não tenho. Tirei o outro brinco e vou esperar fechar os dois furinhos para furar de novo. Não vai ser fácil, afinal Manu já esta maior e não deixa mexer na orelha com facilidade.

Mas, por outro lado, agora estou mais informada. Já estou com o contato de dois profissionais, acupunturistas, especializados nisso...eles não so medem para os furos ficaram certinhos, como tb buscam o melhor ponto, segundo a acupuntura, para isso.

3 comentários:

Si, mãe da Isabela disse...

O lado bom é que ainda da jeito de reverter né, por aqui até ouro esta dando alergia na pequena, e mesmo sem brinco algum a orelha esta machucada, sexta levo ela ao dermato e torcer para ficar tudo bem ....

beijos em vc e na sua Manu linda

Cláudia Leite disse...

Furei bem cedo tb, mas não tivemos problema, fiquei satisfeita com os furinhos.

bjo!

Anônimo disse...

É um desrespeito furar orelha de bebê. O corpo da criança precisa ser respeitado. Seria o mesmo que decidir por ela colocar piercing, tatuagem, etc. Fazer a criança passar por uma dor dessa sem seu consentimento é surreal. Fazer a criança passar por essa dor somente por motivos estéticos é desumano.