sexta-feira, 20 de abril de 2012

Quanta responsa...

Sexta passada peguei Manu mais cedo no berçario para irmos ate a zona norte...Manu nao estava bem a semana toda, estava enjoadinha, chorosa e, na propria sexta, ate a responsavel pelo bercario me ligou na hora da almoço pra falar da Manu, ja que ela nunca tinha visto a Manu daquele jeito...enfim, la estava eu atolada no transito da 23 de maio (levei 2 horas pra chegar na ZN), Manu dormindo no carro (graças a Deus) e eu pensando em tudo o que a berçarista me falou...de repente, comecei a chorar.

Me sentia cansada. Me sentia desamparada. Me sentia sobrecarregada. Me sentia perdida. Nenhuma mae gosta de ver a filha mal, sem saber o que ela tem.

E foi ai que eu me toquei no tanto de responsabilidade que nos eh despejada quando viramos mae. Nao eh um saquinho de responsa, simplesmente nos jogam um caminhao basculante dos grandes de responsa sobre nós...eh muita responsa pra uma pobre mortal. Se damos conta, sim, damos, porque a gente simplesmente nem para pra pensar, a gente vai la, faz, resolve, um dia após o outro.

Mas vc ja parou pra pensar?? Somos responsaveis pelo bem estar de nossos filhos, de mante-los aquecidos, alimentados, limpos. Somos responsaveis pelos seus estimulos e conhecimentos. Somos responsaveis por lhes transmitir valores, educação e princípios. Somos responsáveis por criar filhos seguros, livres e independentes. Somos responsáveis por curar suas dores fisicas e psicologicas. Somos responsáveis por dar amor e ensinar a amar, dar carinho e aconchego. Somos seu porto seguro.

Mas e quando esse porto seguro titubeia? Quando acha que nao dará conta de tanta responsabilidade?? Fiquei assim na sexta...me senti como se nao fosse dar conta, como se esse trabalho tao gratificante de ser mae, fosse também muito pra mim...e geralmente, ou melhor, quase sempre, eu me sinto assim quando a Manu fica doente. Pois parece que, quando ela adoece, eu falho em ser responsavel pela sua saúde, mesmo sabendo, claro, que isso esta fora do meu controle...mae eh bicho louco mesmo.

Em tempo: Manu estava com virose, ja esta otima, toda serelepe...e a mãe aqui?? Ja nem lembra mais que quase colou as placas na sexta!!

3 comentários:

Drika Makeup Moda disse...

olá ja estou seguindo seu blog e já aproveitando para vos convidar a conhecer meu blog ... esteja avontade ..bjinhoss

WE LOVE BABIES / AMAMOS BEBES
http://welovebabiesamamosbebes.blogspot.pt/2012_04_01_archive.html

Elaine Poubel disse...

De fato é um trabalho danado. E a auto cobrança caminha lado a lado com a gente. Que bom que a Manu já está novinha em folha!

kakaalvarez disse...

Em resposta á pergunta: "Mas e quando esse porto seguro titubeia?" - Eu diria: É aí que entra o PAI! Para aquelas que podem contar com o pai da criança ao lado, essa é uma tarefa dele, ser o ponto de equilibrio nessa gangorra que viram nossas emoções. Para aquelas que não podem contar com essa presença, outra pessoa pode desempenhar esse papel de equilibrio, avó, avô, tio, tia, as vezes até mesmo bisavó. Mas a gente as vezes PRECISA dividir nem que seja um pouquinho essa responsa!