terça-feira, 12 de junho de 2012

Tá rindo do que?

Manu está ficando malandra. Acho na verdade que o mini maternal está corrompendo a minha filha. Não é boba não. Já aprendeu a se defender. Já aprendeu a brigar pelo que quer. Se está com algo na mão e outra criança vem lhe tirar, dá um chega pra lá dos bons. Mas tb, deu pra empurrar ou apertar o coleguinha sem motivo. Nessas horas digo que não pode e levo ela pra pedir desculpas. Ela entende. Faz carinho como sinal de desculpas (já que não sabe falar, ne?).

Mas o que está me tirando o sono eh o sadismo. Ela ri quando morde alguém. Ela ri quando puxa o cabelo. E mesmo quando dou bronca, ela continua rindo, gargalhando. Segundo o marido: olha o índice da maldade ai.

Fico pensando se ela eh má ou se ela simplesmente acha que morder e puxar cabelo eh divertido, eh uma brincadeira e só. Vou me ater a essa segunda hipótese, até porque, observando bem sempre que ela ri eh quando ela vem morder sem estar com raiva ou contrariada, como se quisesse brincar.

Pero si, pero no, ontem ela estava no meu colo e me deu um belo puxão no cabelo e, claro, começou a rir. Não tive duvidas, puxei o cabelo dela. Parou de rir na hora (mas não chorou, ufa, se não eu ia chorar junto!).

Se eh a melhor técnica, tenho certeza que não, mas foi o que me ocorreu na hora, porque juro, sadismo dentro de casa não rola.

10 comentários:

Minha Filha Minha Vida disse...

ai Re tb ja fiz isso de retornar o puxão de cabelo e aqui tb foi uma vez para nunca mais .... UFA

não se preocupe com a questão do sadismo não pq na minha opinião não é o caso (eu me recuso a acreditar que os bebes ja nascem assim) deve ser uma fase (fase chatinha eu sei) mas só uma fase ....

que tudo fique da melhor maneira possivel por ai ...

beijos

Mamãe da Júlia e do Murilo. disse...

Renata por aqui não é nada diferente, e eu tento acreditar que é só uma fase e que vai passar.
E que fase né rs.

Cláudia Leite disse...

Olha, acho que sua técnica é boa viu... afinal elas já entendem causa e efeito.

Mas é fase mesmo, Bella tb faz isso. Até quando o cachorro rosna pra ela ela ri!

Raphaela Cavalheiro disse...

Rê, que saudade que eu tava de saber das peripécias da Manu... Como ela tá esperta, né?!
Olha, eu acho que isso é normal, nada de sadismo, não acredito que bebês venham quebrados de fábrica, é muita malvadeza pensar isso, né?!
Mas é como já falaram, causa e consequência eles já entendem nessa fase e eu já tô aprendendo como lidar com isso rsrsrs
Beijão

Julay Ferrer disse...

Re, como diz minha amiga psicóloga infantil: calmaaa, ela só tem 1 ano! hahahahaha

Tenho repetido esse mantra para não esperar demais da minha filhota que estar por vir sem ela estar na fase ainda.

Beijocas

kakaalvarez disse...

Nosssaaaaaaaaaaaaaaa! Minha mãe fez exatamente isso comigo quando eu era bebê... Olha, posso dizer que eu nunca mais puxei o cabelo dela, mas não sei quanto tempo eu tinha rsrsr

Casamento feliz disse...

acho que vc fez bem sim , ela vai pensar no que sentiu quando for puxar o cabelinho de outra criança mas vai com calma Re , sem estress, ela está se descobrindo né? bjs

Taisa Albini De Assis disse...

Ai ai ai! Desculpe.. mas eu ri imaginando a carinha da Manu rindo! hehehe
Acho que deve ser brincadeira de criança, ela ainda não tem essa maldade.. Aos poucos você vai ensinando ela que não pode puxar cabelo, empurrar, bater, morder, entre outros! hahaha

Bjs

Janinha disse...

Tadinha, não é sadismo ela deve realmente achar divertido, pra ela a sensação de puxar, empurrar, morder deve ser boa, acho que vc fez uma coisa interessante. Não sei se é a melhor, se da resultados, mas com certeza ela associou o puxar a uma coisa não mais tão boa. Talvez ela fique mais receosa de puxar e "ser puxada" e desista da mania. Acho que é só mania da fase, viu?!
Bjocas.

(Mamãe) ~Pinel disse...

Foi o que eu fiz com a Lara também quando ela começou com essa mania.
Ela não puxa mais o cabelo por diversão, só quando está com raiva (oi?). Mas só de algumas pessoas também.

Dia desses ela veio puxar o meu cabelo (por algum motivo qualquer) e quando viu minha cara de brava puxou o dela também. Então ficou lá, com uma mão na minha cabeça e outra na dela.... tem esse outro lado também, né? hehehehe