terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Pre amamentaçao

Eu quero muito conseguir amamentar a Manuela, quero muito deixa-la só no peito pelo maior periodo que eu conseguir, quero muito viver essa experiencia da amamentação. Minha mãe nunca conseguiu amamentar seus 4 filhos, so no primogenito que ela conseguiu dar 1 mes de leite, depois a fabrica fechou..nos demais, mamadeira neles. Nao sei se ela se sentia frustrada, acho que não, até porque os filhos dela sempre foram uns bezerroes, super fortes e saudáveis.

Mas, eu gostaria muito de ter essa experiencia.

Conversando com amigas minhas, todas dizem que amamentar eh foda, pelo menos no começo. O peito racha, sangra, doi muiiitttooo, o bebe demora pra pegar, o leite demora pra descer, empedra, dá mastite, vc chora e o que era pra ser uma experiencia prazerosa, vira um drama...isso até calejar e ai, vc ja nem sente mais...mas infelizmente muitas desistem antes de chegarem ao paraíso.

Ja li muito sobre como preparar o seio para amamentaçao...passar uma bucha ou toalha, massagear os biquinhos para sairem mais, tomar sol nos mamilos, rezar, rezar e rezar. Então perguntei para meu médico o que dá pra fazer para prepara-los e evitar ao máximo todos esses pormenores. E resposta dele: Nada. Ele disse que isso varia de mulher pra mulher...tem mulheres que fazem td isso e mais um pouco e mesmo assim racha e doi, tem outras que nao fazem nada e voila, o bebe pega de prima e eh uma maravilha. Pelo que ele me disse, isso eh td uma questao de pega..o bebe tem que pegar direito, bocão mesmo, cobrindo toda a aureola...ok ok, td isso parece lindiu na teoria, mas e na pratica?

Estou pensando seriamente em procurar um curso sobre amamentaçao ou pelo menos o contato de uma enfermeira especialista nisso para me ajudar nos primeiros dias.

Mas até lá, será que eu devo fazer alguma coisa para preparar o peito? Vcs, mae, fizeram quando estavam gravidas? Como foi a sua experiencia de amamentação?

9 comentários:

Bianca disse...

Re, a Laura foi uma mamadora nata. Pegou direitinho de primeira, mamava forte e com vontade. Mesmo assim, meu leite desceu só no quarto dia. Mas o colostro dá conta do bebê no comecinho. Mas ele tem que ir pro peito sempre que solicitar, pra estimular a produção. Meu bico sangrou, mas foi só colocar um pouquinho de Massê Amamentação e a concha, pra não deixar encostar no sutiã, e em menos de dois dias tinha cicatrizado. Daí foi só alegria. Meu peito nunca empedrou, e eu nunca tive mastite. E olha que tinha leite pra encher meio copo daqueles de requeijão só com o que espirrava quando a Laura largava o peito... E ela mamou até 1 ano e 2 meses. Parou porque quis. E eu não vejo a hora de amamentar a Luísa, morro de saudade de ter um bebezinho penduradinho em mim, é uma delícia!

Beijos

Cláudia Leite disse...

Oi Rê!
Vim retribuir a visitinha ao meu blog e dizer que quero estar aqui sempre!
Lindo seu blog, adorei teus posts e acho que teremos muito figurinha pra trocar ein, quase mesmo período gestacional!!!

Quanto ao seio o que li à respeito e me parece lógico é que não devemos hidratar muito a pele do mamilo, pois fica mais fina a pele e sujeita à fissuras...

Bjão e boas festas!

Sissi disse...

A melhor dica? Nada de curso! Converse com as avós, elas são as melhores para isso. Aquelas bem velhinhas, que guardam para si muita sabedoria que facilitaria a vida de muita mulher modernosa.
Uma colega minha aqui do trabalho teve o primeiro filho e nada de leite. O médico perguntou "você tem avó?" - sim, tenho. "então peça que a tragam aqui". E isso resolveu todo o problema. Depois de uma boa conversa, uma boa canjica doce que a vó já trouxe preparada, o leite jorrava, lindo e forte.
Na minha família as mulheres não têm problemas para amamentar e por quê? Porque são as mais velhas que ensinam como amamentar.
Coisa linda de se ver!

Lindinha* disse...

Eu passava uma pomadinha chamada LANIDRAT no último trimestre, a bucha, queria tanto amamentar que comprei sutiãs, blusas fáceis de abrir, a Alice pegou direitinho desde a primeira vez, uma delícia, no terceiro dia foi terrível, meus seios doíam demais, a LANIDRAT que fez eles melhorarem, mas meu leite era pouco, tentei tratamento em uma clínica especializada em amamentação, consegui apenas por 2 meses e meio com muito sacrifício, fiquei super mega triste, tentando achar aonde errei, mas acredito que a maioria das mães tem leite suficiente para o bebê, é só ter paciência no início, mesmo pq nossas avós não tinham nada disso e amamentavam um monte de filhos né, eu sou da minoria que não é leiteira, vou torcer de coração para vc ser uma mamãe leiteira ;) parece que uma coisa que ajuda é manter a calma, não estressar, relaxar...
bjs

Ministério disse...

Dê ao seu filho o que há de melhor. Amamente!

Quando uma mulher fica grávida, ela e todos que estão à sua volta devem se preparar pra oferecer o que há de melhor para o bebê: o leite materno.
É muito importante, tanto para o bebê como para a mãe, amamentar até os dois anos de idade ou mais. O leite materno é o único alimento que o bebê precisa, até os seis meses. Só depois se deve começar a variar a alimentação.
Acontece que nem todas as mães sabem de todos os benefícios e deixam de amamentar mais cedo. Você pode ajudar nessa campanha divulgando materiais e informações.
Caso se interesse pelo tema, entre em contato com comunicacao@saude.gov.br e participe!

Atenciosamente,
Ministério da Saúde.

Karla disse...

Oi, Re! Meu médico me disse a mesma coisa que o seu, para não fazer nada. No curso para gestantes que fiz na Perinatal (super recomendo!) também disseram que o importante mesmo é a pega correta na aréola.
Vai dar tudo certo! Amamentação é muito importante, não tenha medo!
Beijos!
Karla

(Mamãe) ~Pinel disse...

No meu caso, minha GO disse para massagear levemente durante 15 segundos cada mamilo, com a toalha molhada, após o banho. Fiz isso no máximo 2 semanas, e depois parei.
A Lara, desde a primeira mamada, pegou muito bem! A enfermeira da Maternidade foi me ensinar. Uma dica é prensar em volta do mamilo com o dedo igual tesoura (entendeu? Se não me fala que eu explico melhor) para que o bebe pegue melhr tada a aureola!

Nunca rachou, ou sangrou, ou doeu a amamentação! Tive sorte, só me falta um pouco mais de leite para ser um paraíso!

Beijo!

Dany disse...

Re, vou te indicar uns posts da Paloma Varón (mãe de 2 meninas lindas e super informada) sobre esse assunto. Já vi que ela está na sua lista de blogs. Indico dois posts específicos sobre o assunto:

Uma coisa importante de saber sobre amamentação é a livre demanda: http://fotocecilia.blogspot.com/2010/10/por-que-livre-demanda-e-importante.html

Outro post sensacional e esclarecedor é o relato dela sobre a amamentação das duas filhas: http://fotocecilia.blogspot.com/2010/08/amamentacao-relato-e-dicas.html

Vc vai amar ler!!!

Marcia Farias disse...

oi Rê..

a Pietra está com 1 ano e 2 meses e ainda mama 2 ou 3x ao dia.
Eu fiz algo meio incomum..minha GO preparou meus seios desde os 4 meses...ela me disse que é muito criticada mas que como o resultado é ótimo ( e eu atesto) ela cotninua fazendo..

O que eu fiz..
a cada banho eu passava buxa natural neles, embaixo d'agua por 1 minuto...Após o banho, passava o creme Lanidrat e puxava a pele do bico..é difícil explicar mas pensa um bico como norte, sul, leste e oeste...puxava o norte mais para o norte, o sul mais par ao sul e assim por diante..fiz isso até o final.
Nào tive nada de ruim..só um pequeno desconforto natural..quabndo isso acontecia eu passava o Lanidrat e deu..Também usei as conchas que me ajudaram muito seja para segurar o leite que vazava, como tbm nào estando em contato com o sutià, deixava o bico mais livre.

Quanto à quantidade de leite..eu tomava muuita água....me cuidei com a alimentaçao para evitar cólicas (outro assunto bem controverso) e o resultado foi ótimo..a Pietra nào teve cólica um único dia..

Espero que minhas dicas tenham te ajudado...

precisando é só me pedir.

kisses

Marcia