quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Contadores de historia

Sempre gostei muito de ler, de ir ao teatro, assistir concertos, balet, etc..tudo influencia da minha mae. Esses eram nossos programas mae-filha que faziamos desde que eu era pequena. E eu nao so quero, como eu vou passar isso também para a Manu.

Mas, nao lembro na minha infancia de ter ido alguma vez a uma livraria assistir contaçao de historia. Talvez porque na minha época nao houvesse essas megas livrarias com espaço blaster de legal pras crianças interagirem com os livros e uma programaçao bem diversificada. Mas enfim, na Veja Sao Paulo Online da semana passada, saiu uma materia com 9 lugares em Sao Paulo onde eh possivel levar a criançada pra ouvir historias de gratis! E mesmo a Manu ainda sendo baby, ja estou pensando em leva-la esse final de semana.

Segue a lista a quem se interessar:

Biblioteca de São Paulo
Aos sábados e domingos, tem contação de histórias às 13h e às 16h. Essa eh aquela biblioteca construida no antigo Carandiru.
Praça Victor Civita
Todos os domingos a atriz e autora infantil Kiara Terra conta narrativas divertidas para as crianças, em um esforço de incentivo à leitura.
Centro Cultural São Paulo
Em um espaço projetado para crianças e jovens, com acervo de literatura infanto-juvenil, a narração acontece todos os sábados e domingos às 14h30. Nos últimos sábado e domingo do mês, a contação tem tradução em linguagem de sinais.
Livraria da Vila
Todos os fins de semana, entre 15h e 17h, todas as unidades, com exceção do estabelecimento no Itaim, promovem atividades infantis, sendo grande parte delas contações de histórias.
Sesc Pompeia
A contação está marcada para as 14h30 e 16h do próximo sábado e domingo, com diferentes histórias, poemas, adivinhas e trava-línguas.
Sesc Interlagos
Aqui a brincadeira começa às 15h dos sábados com contos como "Aladim e a Lâmpada Maravilhosa" e A "História do Cavalo Encantado". A atividade segue até o último fim de semana de outubro.
Sesc Vila Mariana
Às 15h dos próximos sábado e domingo, a Cia. Ateliê Teatro e a Cia. Rodamoinho divertem a garotada com a narração de "Terra Adentro - Histórias do Norte" e "Histórias de Malasartes e Outros Preguiçosos".
Sesc Pinheiros
Pais, crianças e contadores de história reúnem-se em uma grande roda, das 14h às 15h, todos os sábados e domingos, até o último fim de semana de outubro
Sesc Ipiranga
Neste sábado, às 16h, o texto de Manoel de Barros é explorado tendo como pano de fundo dois livros: "Poeminha em Língua de Brincar" e "Exercício de Ser Criança e Memórias Inventadas – As Infâncias de Manoel de Barros. Como isso foi na semana passada, nao sei se isso rola todo o final de semana.

Enfim, esse sao alguns lugares que da pra levarmos nossos filhos pra ouvir uma historia e deixar a imaginacao voar solta. Se alguem souber de outrs lugares em Sao Paulo, please, indique.

4 comentários:

Amanda disse...

ADOREI A IDEIA! Moro super perto do Parque da Juventude, antigo Carandiru, poderíamos nos encontrar lá com as pequenas qualquer dia desses, não é? Vou começar a levar a Maju lá, amei a ideia!

- Futura mãmã ! disse...

Habitos muito bons d se fazer ;)

Me visite e se gostar comente e torne-se seguidora do meu blog, prometo que retribu.o... Sou mae d primeira viagem rs : D

Minha Filha Minha Vida disse...

Re eu tb adoro ler (confesso que com a faculdade o unico livro que li paralelamente foi um relacionado a maternidade) porém todos os artigos relacionado ao assunto e blogs, e informações e TUDO foram 9 meses de leitura constante rsrsrsrs .... agora confesso que as coisas andam devagar neste sentido masss adorei as dicas (tb sou de SP)

Re vc costuma ler alguma coisa para a manu antes dela dormir ???? eu tenho iniciado histórias (porem todas inventadas da minha cabecinha) já estou ficando meio sem imaginação rsrsrs

beijos

Alê disse...

Oi Rê! Tô sumida né? Mas eu passo nesse teu canto todo dia pra ver Manu claro, mas pra te ler tbm. Tô ausente desde a hospedagem no hotel, da banheira inflável, da viagem de avião em que ela devorou a mamadeira antes da aterrisagem (ri muito), da saga do berçário e do resfriado dessa princesa por doce culpa da praia. E a Cuca? Cê nunca mais falou dela. Me eprdoa o sumiço...mas agora que tive um sosseo. Bancos em greve e estou em casa torcendo que a greve perdure até minha licença pra eu não ter que voltar a trabalhar. Tenho resolvido mil coisas pra ter uma licença tranquila...todo dia lembro de algo que falta... e tanta coisa tem me angustiado. O que eu queria era mesmo o PN. Mas é impossível aqui Rê. O atendimento é desumando em um hospital onde vc chegue pra ter PN. Eu ficaria na emergência, sofrendo as contrações junto com o resto dos doentes. E só subiria para o expulsivo. Entende que esse atendimento me força, me obriga a fazer uma cesárea, só pra ter um apoio emocional, um acompanhamento...?! Tão ruim o "sistema" querer decidir por mim... E por conta da diabetes que desenvolvi, deu uma hipertrofia no coração da Ana. Repeti o exame hoje e pego o laudo amanhã. Tô com medo, tô sentindo um monte de coisas... Tendo pesadelos... Tudo bem que alguns desses sintomas é normal. Mas eu tô pirando! Hoje dei uma adiantada boa no quarto da Ana e isso já fez meu coração dar uma suspirada. Tem alguns deltalhes, mas esse fim de semana quero resolver tudo. E é isso minha queridona. Teus comentários e experiência tem me ajudado... não retribua a minha ausência aqui, rsrrs. Tu me ajuda! Compreenda o meu momento, pois eu acompanho tudo aqui desde o positivo do "serzinho" hahaha \o/ Dá um beijo nessa coisa mais linda aí que vc fez na vida tá? Ale.