sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Não é fácil, nao!

Nunca ouvi uma única mãe dizer que ser mãe é fácil..dizer que é gostoso, prazeroso, cansativo, divertido, único, bla bla bla, isso já ouvi, mas fácil, não, essa palavra eu nunca ouvi ser dita por uma mãe, até aquelas que dizem que seus filhos são anjos (mesmo todos achando que não), não consegue mentir sobre esse fato, porque simplesmente não é fácil mesmo.


É como diz minha prima, filho é que nem videogame, cada fase que passamos fica mais difícil.

E sabe porque não é fácil? Simplesmente porque não existe um manual que nos diga o passo a passo de como devemos agir. Não, não tem. Uma pena. Mas de nada adiantaria, afinal, uma mãe eh diferente de outra e um filho eh diferente de outro, ou seja, nenhum manual conseguiria ser único para todos os tipos de mães e filhos existentes. Uma pena, afinal, que ia dar um bom help na nossa vida de mãe, isso iria.

Estou falando disso tudo, pq simplesmente fico muito perdida quando tenho que educar a Manu. Por educar leia-se: Manu em meio a uma crise de birra e eu em meio a um tornado sem saber pra que lado correr. Já ignorei e esperei a crise passar. Já conversei e expliquei calmamente que assim as coisas não funcionam. Já coloquei de castigo e depois expliquei e pedi que me desculpasse. Já fiz tudo isso que os livros, a Supernanny, a minha intuição, as amigas, o mundo fala que temos que agir. E mesmo assim, me sinto perdida, sem saber se estou no caminho certo.

Eh, não eh fácil. Juro, eu ainda não consegui captar quando eu tenho que ignorar, quando eu tenho que explicar calmamente e quando eu tenho que colocar de castigo. Será que para isso, ao menos, existe um manual?? Pq fico tão indecisa na hora do vamos ver, de como tenho que agir, que nunca tive muita certeza se estou agindo da melhor forma para aquele momento.

Sei la, será que existe uma ordem, do tipo: primeiro vc ignora. Se não funcionar vc tenta conversar. Se mesmo assim a bichinha perder as estribeiras, então Mané, bota de castigo..será? Ou uma técnica independe da outra?

2 comentários:

Fernanda Lucas disse...

Amiga não existe técnica porque nossos filhos são únicos, cada um tem uma personalidade.
Eu estou lendo um livro que achei bem legal : Limites sem traumas.
Se quiser eu tenho o pdf dele.
bjos e força ai

Michele e Claudia disse...

Infelizmente não temos um manual. Cada criança reage de um jeito diferente. Minha Laura só parou de fazer birra quando entendeu que não conseguiria nada com isso. Ela só ganhava as coisas quando pedia direito, e sem chorar! Sofri muito para entender que uma criança de 2 ou 3 anos usava o corpo e o choro para se comunicar. Enfim, acredito que ser mãe hoje em dia é o grande e o maior desafio das mulheres!
Me identifiquei muito com seu post. Parabéns!
Beijos, Michele (www.lambendoaminhacria.blogspot.com.br)