quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Do berço pra caminha

Calma, a Manu ainda nao vai pra caminha...mas esses dias me vi pensando se existe uma idade mais apropriada para fazer essa mudança. Confesso que adoraria ve-la dormindo na cama, nao que precise, ela ainda cabe no berço e ate hoje nunca tentou pular as grades rumo a liberdade.

Mas tem uma coisa que esta me incomodando. Seus pes. Ok, o que tem a ver pé com berço e cama? Explico. Manu dorme igual ponteiro de relogio, cada hora eh uma posiçao (so nao a vi ainda plantar bananeira) e, considerando o tamanho da sua lancha, vira e mexe, ela dormindo, enfia seus delicados pezinhos entre as grades e, voila, nao consegue mais traze-los de volta, eles ficam la, presos..dai, o ponteiro do relogio tenta se mexer e os pes nao acompanham.

Resultado? Gritos, no meio da madruga. Quem merece?

Sei la, acho que se isso acontecer com mais frequencia eh bem capaz que o berço fique com os dias contados..e la vamos nos buscar uma cama (nada de caminha, quero que ela ja durma numa cama de solteiro mesmo, com bicama pra receber as amigas em casa...olha eu, ja prevendo o futuro).

4 comentários:

Jessica Moraes disse...

Olá sempre passo e nunca comento, meus parabéns pelo blog e pela manu!

O Pietro faz a mesma coisa acredita!! Não para, a diferença que estou tendo dificuldade de colocar ele no berço hehehe, meu marido chegaa tarde e eu acabava dormindo com o Pietro agora só Deus!! hehehe

FEliz 2013

www.maesconectadas.blogspot.com

Cláudia Leite disse...

Oi Re!!!!
Isso acontece ás vezes com a Bella, sabia?
Pesquisei, e achei uma solução ótima: o método montessori.
Fazer o quarto apropriado para a criança, sem riscos:
o método montessori ou pedagogia Montessoriana consiste em harmonizar a interação de forças corporais e espirituais, corpo, inteligência e vontade. Os princípios fundamentais do sistema Montessori são: a atividade, a individualidade e a liberdade. Enfatizando os aspectos biológicos, pois, considerando que a vida é desenvolvimento, achava que era função da educação favorecer esse desenvolvimento. Os estímulos externos formariam o espírito da criança, precisando portanto, serem determinados.


Bjo!!!

Maria Heloisa disse...

Aqui em casa agente tirou a grade do berço e juntou com a nossa cama e ele dorme que é uma maravilha pensando que está na cama junto com a gente Hihihi...
beijos ♥

Mamãe da Rafaela disse...

Re, tente colocar os protetores de berço de novo..com eles ela não consegue colocar os pezinhos entre as grades! =)