quinta-feira, 29 de maio de 2014

Que hora chatinha


Adoro ficar com a Manu de manhã...na verdade aprendi a gostar. Aprendi a dividir minha manhas com ela e com meus afazeres. Aprendi a curti-la, curtir a Manu e curtir nossas manhas juntas. Otimo. Mas tem uma hora da nossa manha que tem dias que eu quero morrerrrr. Sabe qual eh? A hora do almoço! Na minha opinião, a hora do almoço deveria durar não 60 minutos, mas sim 90.

 Explico. Se tudo que eu tenho que fazer a partir das 11h45, para conseguir sair de casa as 12h45, fluísse na maior paz e amor, eu não estaria fazendo esse post. Tem dias, raros, que flui. Outros, a maioria, não! Nesse período de 1 hora eu tenho que dar almoço, troca-la para a escola, escovar seus dentes, pentear seu cabelo, montar lancheira e ainda terminar de me arrumar pro trabalho.

Calma, antes que vc pense, ueee, mas pq vc não antecipa algumas coisas. Sim, eu antecipo. Já tomo banho assim que acordo, pq ai so preciso por a roupa do trabalho. A lancheira, já deixo pronta após o café da manha. Mas o resto...ahhhh o resto.

 Pergunta quantas vezes eu consegui dar um almoço para a Manu com ela sentada direitinho à mesa, comendo sozinha? Acho que não preenche uma mao. E por que não? Porque o almoço duraria 2 horas. Isso mesmo. Sentar a mesa para comer eh uma batalha. Ela da uma garfada, foge da mesa. Corro atrás. Pega o garfinho, da outra garfada. Foge da mesa. Não corro atrás, peço para ela voltar. Não volta. Conto ate três, ela volta. Diz que não quer mais comer. Como assim, vc so comeu 2 garfadas. Negocio mais 3 garfadas. Foge da mesa a cada garfada extra.  Juro, cansa. Com isso, Manu almoça na frente da TV, comigo dando a comida. ODEIO ISSO. Odeio. Porque apesar dela comer melhor assim, ela nem presta atenção no que esta comendo, não aprende como se portar à mesa e, pior, não desenvolve o comer sozinha. ODEIO. So que coloca-la à mesa para comer atrasa todo o resto.

E o resto? Uniforme. Meu pai, eh uma luta colocar o uniforme. Juro, ela foge, sai correndo pelada pela casa, bem a la pega-pega. Tenho que pega-la à força com ela se contorcendo mais que minhoca. Olha, além de perder a paciência, chego a suar com tamanho exercício físico. E nem rola colocar o uniforme antes pq ela sempre se suja no almoço.

Nisso os ponteiros do relógio já estão batendo 12h20, ainda tem que escovar os dentes, pentear os cabelos e, eu ainda tenho que me trocar pro trabalho. Tudo isso em 20 minutos. Bom, nem preciso dizer que eu sempre chego mulambenta no trabalho.

Volto a repetir, eu adoro as nossas manhas juntas, mas essa horinha miserável, pre escola, acaba comigo. Se alguém tb passa por isso e criou alguma rotina para sobreviver a essa hora e que esta dando certo, faz favorrr, compartilha com moi, antes que eu um dia surte de vez e entregue a filha na escola sem almoço, uniforme e descabelada.

3 comentários:

Dani disse...

Tenho uma cadeirinha daquelas que prende na cadeira pra criança conseguir ficar bem posicionada na mesa, ela tem um cinto para segurança da criança..Raramente tenho problemas na hora de comer, Malu sempre foi uma comilona de mão cheia... mas quando rola algo do tipo ela não sai da cadeira pq está com o cinto e fica mais facil negociar a comida sem ela sair correndo da cadeira... será que não ajudaria ...???

Andrea disse...

Super me identifico! Minha filha só come sentada no sofá, assistindo desenho e eu dando na boca. Ninguém merece! Mas não sei como mudar isso... Beijos

Vi disse...

Tenho esse booster com cinto (uma tartaruga da fisher price). Não tem coisa melhor. E te digo, se comeu duas garfadas e, mesmo depois de negociar, não come as outras, vai só com isso para a escola. Aos poucos vai entendo que se não comer, fica com fome...