segunda-feira, 23 de julho de 2012

Tudo de novo

Há uns meses eu relatei o trabalho que tive com a adaptaçao da Manu no mini maternal, foram dias de muito choro, de noites em que ela acordava aos berros, ate que resolvemos retroceder um pouco e devagarzinho a Manu foi se sentindo segura e confiante em sua nova turma, ate que passou a ir numa boa e sorrindo com a tia e a mae aqui ficou aliviada, com o coraçao tranquilo.

Dai, na semana passada relatei o episodio com a sem noçao da secretaria da escola, que arrancou a Manu dos meus braços, aos berros e a levou pra sala.

Conclusao disso tudo: Manu, desde entao, voltou a chorar quando a deixo na escola, nem eu subindo com ela ate sua sala, entrando com ela na sala, brincando um pouco, tem melhorado. Ela também voltou a acordar de madrugada aos berros, gritando mamae, e so se acalma quando a levo pra minha cama. E pior, segundo as auxiliares, ela passa o dia chamando mamae...meu coraçao está em pedaços. Estou ate com dor de estomago. Ou seja, todo o processo de adaptaçao foi por agua a baixo.

Estava suspeitando que o estopim disso td tivesse sido o lance com a infeliz, mas nao queria tirar conclusoes precipitadas, entao conversei com as equipes da manha e da tarde pra saber se tinha acontecido algo de diferente que tivesse feito ela mudar de comportamento, mas segundo elas, nao, tudo normal. Ate que hoje, quando fui leva-la, ela ate que sorriu pra auxiliar que ela mais gosta, começou uma manha, nada absurdo, mas foi ela ver a infeliz, que ela se agarrou as minhas pernas e pediu colo. Pronto, bingo!! Confirmado. O estopim foi com a sem noçao. Ela conseguiu, em minutos, quebrar toda a segurança e confiança que eu construi na Manu nesses 2 meses. Que ódio!!

Pior que agora, ao contrario do que fizemos quando ela mudou do bercario pro mini, eu nao sei como agir com ela. Marido disse que eu devia conversar com a infeliz, explicar o que aconteceu, e pedir pra ela brincar com a Manu, passar mais tempo com a Manu pra ver se a Manu perde o medo, passa a gostar da mulher e assim se sentir tranquila de novo. Mas sei la, nao sei se consigo isso, pq por mim quero essa mulher longe da minha filha.

Juro, to perdida. Ate pensei em muda-la de escola. Mas nao sei se esse eh o melhor caminho, afinal, la tb teria adaptaçao so que mais complexa. Vou esperar ver como a Manu reage na semana que vem, quando recomeçam as aulas e ai a infeliz nao estara mais de manha e as professores e os coleguinhas voltarao. E ate la, tentar ao maximo deixa-la tranquila, mesmo com  coraçao e o estomago em frangalhos.

8 comentários:

Andrea Fregnani disse...

Dá raiva só de ler, imagino como você está se sentindo. Se a gente pensa de forma racional, o melhor seria a Manu perder o medo dessa funcionária mesmo. Se você conseguisse passar um tempinho juntas, Manu se sentiria melhor, mas imagino o tanto que dever ser difícil ter que engolir a fulana,
bjs

Cláudia Leite disse...

Ai que saco ein!
Tudo andando direitinho, aí vêm a fulana e faz isso!
Semana passada passei por uma com a escola da Bella tb...
Pior que mesmo que a gente converse, fica aquela "coisa" chata depois neh? Tenho até medo de darem menos atenção ou menosprezarem a Bella porque reclamei/alertei sobre algo.

Espero que com a volta de todos a Manu se sinta melhor.

Boa semana!

Mariana disse...

Re, eu tenho uma escola infantil e te falo por experiencia própria, somos nos pais que passamos confiança/segurança para as crianças...
Se os pais vierem seguros, entregarem a criança no portão e sairem, a criança fica super segura.
Se os pais querem entrar junto,ficam inseguros, acabam transmitindo para a criança, e é batata, a criança chora.
Quanto mais você passar segurança pra ela, melhor...

kakaalvarez disse...

Ai! Eu esmurrava! rsrsrrs Pq vc não conversa com a dona da escola? Tenta explicar a situação para ela orientar a infeliz!

Naty Moraes disse...

Ola Renata, tudo bem?
Sigo seu blog ha pouco mais de um ano e adoro! Nao deixo de entrar um dia sequer e se esqueço depois fico com saudades rs Apesar de segui-la ha tanto tempo nunca comentei!
Gostaria de te convidar a participar de um grupo no facebook,somos todas mamaes que tiveram filhos em 2011, la compartilhamos situações cotidianas, marcamos encontrinhos, buscamos ajuda, é muito bom, pois nos tornamos amigas de verdade!

Chama-se MAMÃES DO BABY CENTER https://www.facebook.com/groups/159105424161161/
Caso tenha interesse, será muito bem vinda! Você é de Sp, né? Eu moro na ZN.

Em relação ao post...
Acredito que seja muito importante você passar confiança pra Manu, de que ali é um lugar seguro... As vezes tenho a sensação de que se eu antipatizo cm alguem o Gabriel (meu bebe) tbm nao gosta da pessoa! é incrivel, mas acho que eles sentem muito o que nós passamos pra eles.

Beijos!

Naty Moraes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Minha Filha Minha Vida disse...

é complicado né pq nãoé nada facil ter que deixar um filho e deixar um filho chorando é de arrancar qualquer coração .... pior ainda no seu caso que se sentiu invadida com a atitude de uma profissional despreparada

espero de coração que a Manu fique bem na esolinha novamente

beijos

(Mamãe) ~Pinel disse...

Na boa, que raiva dessa mulher.
No mínimo, você deveria deixar claro pra ela que a culpa desse retrocesso da Manu é dela, que ela devia ter mais respeito com as famílias.

E vocês conversaram com a coordenação sobre o ocorrido??

Bom, o importante é que as coisas melhorem e que a Manu fique bem de novo!