quarta-feira, 20 de abril de 2011

Licença Maternidade

Pronto, decidi, resolvi mesmo antecipar em uma semana meus planos de licença, vou entrar em licença com 37 semanas. A partir de segunda-feira estarei em licença maternidade, portanto, hj eh meu ultimo dia de trabalho, ja que amanha eh feriado! Preferi dar a mim e a minha filha alguns dias ou semanas de relax, de preparação fisica e psiquica para tudo que vier quando essa pequenina resolver dar as caras. E como disse meu marido, não eh semaninha a mais ou a menos que vai fazer a diferença lá na frente, mas fará uma grande diferença agora. Marido sábio esse o meu, viu!!

Confesso, eh bem como me disseram, gestação dura 8 meses e uma eternidade, porque nunca vi um mes passar tao devagar como esse. Nao via a hora de entrar de licença. Desde o dia 01 de abril venho contando os dias, riscando as datas no meu calendario de mesa. Desde o final de março venho treinando uma pessoa que foi contratada para me substituir. E ai fica a pergunta: será que ela vai me substituir temporariamente ou eternamente? Nao faço ideia.

O questionamente nao veio da empresa (ok, meu chefe ate me perguntou se eu voltaria e eu disse que sim, logico), mas o questionamento vem de mim mesma. Será que eu volto? Será que terei coragem de voltar? Ou será que terei mesmo coragem de largar um emprego e ficar em casa?

Confesso que nao tenho perfil de ficar em casa cuidando de criança. Preciso me ocupar. Preciso me sentir util, produtiva. Mas será que eu nao posso deixar para me ocupar e me sentir produtiva quando a Manuela estiver com uns 9 meses?? Isso vem batendo na minha cabeça. A ideia nao eh parar de trabalhar para cuidar de filho (em tempo: acho louvavel quem o faz), mas queria aproveitar esse tempo para realmente refletir o que quero fazer, com o que quero trabalhar e, com isso, mudar, mudar de emprego (sao 8 anos na mesma empresa), mudar de area, mudar....

Isso eh algo para refletir durante a licença e se realmente for esse o caminho, aproveitar a licença para ja me mexer, fazer contatos, mandar curriculos, aguardar pintar outra oportunidade e até pintar, seguir curtindo e cuidando da minha filha! Vamos ver como tudo vai rolar....

Mas independente disso, a partir de segunda estarei de licença, iuuuupppiiiiii!!!! Em off, td bem que na terça eu tenho uma reuniao que terei que participar, mas ta valendo, participo e volto pra casa, rs.

8 comentários:

Than disse...

Re, tb acho...tire mesmo sua licença, vc vai ver q sera bem melhor descançar um pouco antes!
Mas posso palpitar???????? rs
Sobre a sua volta ao trabalho...
Entao primeiro q eu tb tinha convicção de q voltaria. Mas nao quero continuar. Voltei a trabalhar, mas serei mandada embora e eu vou ficar em casa. Mas engana-se vc q vc nao vai se ocupar...rs...menina, bebe da TRABALHO! Vc nao vai ver o dia passar, nem de longe vai ficar desocupada...rs...posso te garantir! rs
É um outro tipo de trabalho, mais cansativo q o q vc tem hj, mas MUITO mais prazeroso!!!! :)
Mas pense mesmo se volta ou nao! Eu sei q a carreira é importante, eu tb achava isso, mas mudei facil de ideia...rs...

Bjos e OTIMO descanço!

Li disse...

Re, que delícia!!!
Eu optei por parar de trabalhar fora antes mesmo de engravidar. Continuo em casa até hoje. Penso em voltar a fazer alguma coisa mas ainda não sei o quê! Passava muito nervoso e achava que isso não faria bem para o bebê. Acho que tomei a decisão certa. Minha gravidez foi muito tranquila e hoje sou uma pessoa muito mais zen e feliz e meu filho nasceu tranquilo também!!! Continua assim até hoje, está com quase 11 meses.
Eu acredito que qualquer que seja a decisão que você tomar, voltar ou não, será com certeza a melhor decisão. Cada pessoa é uma pessoa, cada bebê é um bebê e a mãe sabe o que será melhor para ela e para seu filho. É algo instintivo...
Aproveite para descansar, colocar a cabeça em ordem, se organizar para receber a Manuela e também para facilitar as coisas para você...

Ex: Quando você estiver em casa:

Comida: alguém vai fazer para você, você vai comprar pronta ou fará algumas coisas agora e irá congelar...

Roupas: Alguém irá te ajudar a lavar. Podemos sujar muitas roupas com leite e quese não tomarmos cuidado mancham... O bebê também suja bastante roupa no começo (pelo menos o meu sujava)...

Casa: Tem alguém te ajudando, né?

São pequenos detalhes que precisam ser lembrados....

Minha mãe cozinhou para mim durante os primeiros 20 dias e minha sogra me ajudou com a casa, roupas e com o bebê. Achei que não precisaria da ajuda de ninguém, mas precisei e agradeço a elas pela ajuda. Também tive uma leve depressãozinha (que todas têm por alguns dias. É normal! Só não é normal se ela se estender demais...)

Espero ter ajudado e te mandado boas vibrações!!!

Beijos e descanse. Ah! Curta muito o barrigão também porque depois ele deixa saudades...

Lívia.

Daniela Freitas disse...

Re, aproveite bastante mesmo para descansar! Sobre voltar ao trabalho me pergunto isso todo dia! Sempre fui do discurso que mulher tem que trabalhar e tals...masss, tudo na teoria é muito fácil! Acho q tudo pode mudar a hora q a gente vir a carinha da nossas crias né?!!! Bjs

Andrea Fregnani disse...

Re, vai ser muito bom esses dias de descanso para vc e pra Manuela...
Quanto a ficar em casa cuidando da cria, posso te dizer que é muito bom, é muito produtivo, a gente se sete sper útil, pois vêo tanto que esse contato com a mãe é bom pro bebê, e a recompensa é uma criança feliz, segura, calma, carinhosa e muuuito esperta ;)
Estou doida pra ver sua beezinha...
Feliz parto
bjs

Cláudia Leite disse...

Re,

Tb quero parar na 37º semana, espero que dê certo.
Quanto à volta ao trabalho eu realmente não gostaria de voltar, voltarei por questões financeiras mesmo.
Se vc está decidida a voltar, blz, mas acho que a probabilidade de repensar mais sobre isso surgirá quando estiver com a Manu nos braços...

bjo e bom feriadão!!!!

Talita disse...

Independente da sua decisão, que ela te deixe em paz, tranquila. Porque de nada vai adiantar você ficar em casa desejando estar no trabalho ou o contrário, né?

Eu penso em começar a pós quando o bebê tiver 6 meses e não depender somente da amamentação, trabalho eu devo começar a procurar nessa época também (não tô trabalhando, preciso de repouso...)

Agora falta tão pouco, mas imagino que pra mamãe deve passar bem devagar essa fase rs

Beijosss

Ci disse...

Oi Rê!! Tudo bem menina...ri aqui com o "Vc não vá me aprontar, hein 02..." do comentário.

Quanto ao trabalho...na boa. A Manu vai ser feliz de qualquer forma, vai crescer gatona e saudável. Mas e vc?? Vai ser uma pessoa feliz sendo mãe full time??

Vc tb é publicitária e provavelmente escolheu essa profissão linda (olha puxando a sardinha pro nosso lado...rsrs) pq é uma pessoa despojada, ativa, criativa e que não nasceu pra ficar em casa.

Eu acho que continuar trabalhando é algo muito interessante, pra vc, pra Manu ter orgulho de vc (e claro, seu esposo), pra vc não ficar com a cabeça vazia (aliás, cheia, mas só de coisas de bebê).

Vc tem que ver então se vc está de muito saco cheio da empresa que está, se quer mesmo alçar novos vôos e tudo mais.

O que eu estou pensando pra mim, por exemplo? Então, vou começar fazer contatos, mandar currículo, aos pouquinhos...enquanto isso a Malu vai crescendo, e não é pq voltarei trabalhar que ela ficará abandonada, será menos feliz ou qualquer coisas dessas.

Pelo pouco tempo que conheci vc aqui pela internet, vi que vc é tão cosmopolita quanto eu e que a Manu é um complemento (o maior, é claro) da sua vida, mas que vc tb é uma mulher forte e que gosta de trabalhar, sair, ver gente.

Como diz minha mãe (e isso eu sempre lembro qdo penso em ficar em casa). Minha mãe sempre me disse assim: "você não está passando fome, pode ficar em casa, mas trabalhar serve pra conhecer gente e não ficar com a cabecinha pequena".

Um beijo e palpitei...rsrs

Ci
www.douceurdemonmonde.blogspot.com

Sol disse...

Rê, siga seu coração. No momento certo vc sabera o que fazer.
Depois me manda o e-mail q vc estara para nos falarmos, tá?
Quero o endereço da maternidade lindona!
bjs bjs