quinta-feira, 14 de abril de 2011

Pediatra

Como ja tinha dito ha um tempo atras, queria definir o pediatra da Manuela antes dela nascer, para evitar sair da maternidade sem ter para onde leva-la na primeira consulta e, pior, correr o risco de fazer peregrinaçao em consultorios ate encontrar um que a gente gostasse.

Entao semana passada e essa visitamos duas pediatras. Uma foi indicada por uma amiga e a outra eh a pediatra dos meus sobrinhos, por parte do marido. Tb tem o pediatra das minhas sobrinhas, que na verdade foi o meu pediatra, mas nao consideramos ele, pq apesar dele ser uma sumidade (so para vcs terem noçao, a Uti da Pro Matre tem o nome dele), acho que ele logo logo se aposenta e ai ficaria sem pediatra..sem contar o valor da consulta!!

Mas enfim, fomos nas duas, as duas foram super atenciosas, ficamos mais de uma hora em consulta, conversando, tentando sacar um pouco como elas trabalham, vendo se batia empatia, se elas tinham o nosso estilo.

Conclusao que tiramos? Dificil escolher. Na verdade, por mim eu iria naquela indicada pela minha amiga, por alguns motivos: me senti mais segura com ela, ela é mais velha, tem anos de experiencia, foi aluna do meu pediatra (aquele que eh uma sumidade, rs) e seu consultorio fica a apenas 3 quadras da minha casa, da pra ir a pé com a Manu no carrinho. Ponto ruim: a consulta é cara pra dedeu!

Já a outra, tb super atenciosa e super mega elogiada pelas minhas cunhadas, eh mais jovem (deve ter a minha idade) - ok, nada contra, ela pode ser jovem e ter uma vasta experiencia, mas mesmo assim fica a duvida, ne? - o consultorio é longe de casa, acho que eu levaria uma hora pra chegar, mas por outro lado, o preço da consulta é super acessivel, o que, considerando todos os gastos que temos com filho, eh um belo ponto a favor e, por ser a pediatra da familia do marido, ele, claro, esta bem inclinado a levar a Manuela nela.

Enfim, dificil escolher. Discutimos isso essa noite, alias, quase batemos boca e nao chegamos a lugar algum. Pedi pro marido me convencer de pq ele acha a outra melhor e ele so disse, ahhhh, pq meus irmaos falam bem e a consulta eh mais barata. Sinceramente, achei esses argumentos bem fracos...quando pra mim o que pesa eh a segurança e experiencia.

Mas enfim, nao chegamos a lugar algum, fui dormir encanada e ja imaginando que a decisao vai ser dificil, ja que pelo visto nenhum dos dois quer abrir mao da que acha melhor. Tudo bem que nenhuma decisao eh definitiva, podemos levar a Manu em primeira consulta em uma delas e nao curtir a forma como ela lida com a nenem, afinal, uma coisa eh uma consulta sem filho e outra eh uma consulta com seu filho, ne?

6 comentários:

Cláudia Leite disse...

Re,
Vcs estão bem, já tem duas opções!
Eu não tenho nenhuma por enquanto, pois o plano será pela empresa do marido e ainda não conheço a rede credenciada... que relapsa eu estou.

bjo.

Li disse...

Re,

Que bom que vocês já começaram a procurar.
O meu filho tem 10 meses hoje. Antes dele nascer eu já tinha encontrado um pediatra, eu levei meu filho lá até os seis meses e depois tive que trocar.
Com seis meses meu filho sofreu uma queda (caiu da cadeirinha do carro, que destravou enquanto a transportávamos, no chão do estacionamento, cimento duro e bateu a cabeça. Ficou mole e com sono e já não respondia aos meus estímulos). Fiquei desesperada! Foi num sábado. Tentei encontrar o médico e não consegui. Levei para o hospital e graças a Deus consegui que ele fosse atendido rapidamente. Ele foi internado para observação e nós ficamos no hospital por cerca de 28 horas. De lá tentei falar com o médico várias vezes e nada!
Graças a Deus meu filho ficou ótimo e não foi nada de grave. Ele está super bem e eu não gosto nem de lembrar do acontecimento!
Tentei falar com o médico de novo na segunda e na terça e não consegui. Na consulta seguinte contei o que havia acontecido e pedi para que ele me passasse um outro telefone além do celular e consultório (da casa dele ou de algum parente...).
Ele não me deu e disse que eu não iria encontrá-lo aos finais de semana pois ele já trabalhou muito aos sábados e domingos e agora não trabalhava mais... Ou seja, nesse caso a experiência não me valeu de nada.
Depois dessa procurei outro pediatra e consegui um que eu adoro. Ele atrasa horrores a consulta, mas me atende sempre que preciso. Atende aos meus telefonemas e quando não pode atender naquele minuto, me liga logo em seguida. Agora eu me sinto segura!

Espero que minha história sirva como um alerta! Ambos são médicos particulares e trabalham tão diferente! Bem, mesmo que fosse plano de saúde teriam a obrigação de atender bem. Afinal as pessoas pagam por isso e se o plano não paga o que os médicos querem, eles não deveriam fazer parte dos mesmos!!!

Beijos! Boa sorte!

Lívia.

Amanda disse...

Deixei para ver peditra dps de ela nascer... foi a maior correria e não encontrava nenhum!
Indicação é a melhor coisa, com certeza!
Se puder levar a Manu nos dois pediatras seria o ideal, pq ai vc realmente como é o trato de cada um com ela, vc verá que o mais importante é o peditra tratar sua filha com carinho e te passar confiança enquanto lida com ela!

Boa sorte na escolha!
Bjinhosss

Mariana disse...

Oi Re,
vocês não tem convênio?
porque você poderia levar na médica que gostou mais, sem ter que pagar né?

Bebe precisa de convenio, alias, toda hora vai no pediatra... vale a pena viu.

bjs
Mari

disse...

É Re, tanta coisa pra pesar né? Pediatra perto de casa é ótimo, uma vez liguei pra médica do João desesperada porque a febre não abaixava e ela me disse pra pegar ele do jeito que estivesse e levar lá, e em menos de 10 minutos ela já tava olhando ele... Mas realmente bebê vai muito a pediatra, eu qualquer coisa levo já que minha experiência com criança é nenhuma, rsrsrsrs, e nada melhor do que o próprio médico olhar e ver que não tem nada demais né, então gasta muito, o preço da consulta pesa mesmo... PRA MIM, o fato de atender a qualquer momento, dar vários telefones pra contato e atender bem qdo eu ligo pesou DEMAIS na escolha e muitos médicos não fazem isso (pra que fez pediatria meu Deus??). Mas agora depois de 2 anos e 2 meses estou tendo problemas com ela justamente por ela ser maravilhosa, depois vou escrever sobre isso também... Mas como você tem 2 boas opções, se uma não der certo, você muda, o importante é ter um bom acompanhamento!!!
Bjos

Andrea Fregnani disse...

Uma das coisas que gosto no pediatra da Alice é que desde a consulta qnd eu ainda estava grávia ele passou todos telefones para encontrá-lo, celular, casa, e no primeiro mês liguei 6 vezes, incuindo um sábado a noite, ele sempre atende, se está em consulta retorna a ligação assim que termina.
E seria bom vc procurarem um convênio para Manu, fica bem mais barato, são 12 conusltas de rotina só no primeiro ano do bebê,
bjs