terça-feira, 1 de março de 2011

Cordão Umbilical

Nao conheço ninguem que tenha optado pela coleta das celulas tronco do cordao umbilical e sinceramente, nem tinha pensado sobre isso. Na verdade até pensei, mas se tivesse a opção de realizar isso em banco publico e nao privado.

Mas, entrando em contato com o INCA fui informada que ainda ha poucos bancos publicos disponiveis. No Estado de Sao Paulo, sao 4, 2 na capital e 2 no interior e, para vc poder proceder com isso, além de vc ter que ter o filho na maternidade publica da qual o banco faz parte, todo o seu pre-natal tem que ser acompanhado de perto pela equipe, para ver se no final será possivel usufruir do sangue do cordao umbilical do seu filho.

Ah, so pra constar, a diferença do publico e do privado, além do custo, eh que no privado o sangue eh so seu, do seu filho. No publico nao, o sangue fica a disposiçao de quem precisar, independente de ser seu filho ou nao e, claro, vc tb tem todo o banco de dados a sua disposiçao...sinceramente, acho essa opçao do publico muito mais justa..mas, infelizmente a abrangencia dele ainda eh limitada.

Enfim, comecei falando td isso pq depois que vi que banco publico era praticamente inviável, meio que desencanei de ir atras desse serviço em bancos privados. Mas conversando com um casal de amigos gravidos, eles disseram que vao fazer a coleta e ja até levantaram os custos..algo em torno de 2500,00 para a coleta e 500,00 por ano.

Mas mesmo assim, eu ainda nao me convenci da importancia disso...ok ok, eu sei que isso eh uma salvaguarda..eu sei que fica aquela pergunta: e se....mas tb sei que so um numero beeeem reduzido de doenças no sangue eh que da pra, hoje, usufruir das celulas tronco (e nao sao todos os casos de leucemia), como tb sei que a medicina vai evoluir e esse numero de usos vai aumentar..agora se vai aumentar o numero de usos da celula tronco, pq tb nao pode aumentar as opçoes de tratamentos para essas doenças sanguineas, com drogas e terapias mais eficazes?

Também pesa pra mim o lance da grana...ok ok, hj custa 500,00 por ano (menos de 50,00 mes), mas e daqui a 5 anos, para qto vai isso?? E se chegar numa hora que eu nao tiver mais condiçoes $$ de bancar a armazenagem, o que eles vao fazer, jogar fora o sangue coletado, jogar fora todos os anos de pagamentos?? E se eu tiver mais filhos, será que conseguirei bancar isso de todos, pq nao seria justo bancar de um e negligenciar os demais, ne?

Juro, ainda nao tenho uma opiniao formada...confesso que eu e marido estamos mais pendentes para o lado do nao fazer do que do fazer..mas e se....acho que isso eh algo para conversar com meu médico, ne?

3 comentários:

Dani disse...

Querida,

Como bióloga, com doutorado em Ginecologia, posso te dizer que vc e seu marido estão corretos, já que as células do cordão umbilical não são embrionárias, e sim adultas, reduzindo a sua aplicação terapêutica...

Grande beijo!

Karla disse...

Oi, Re! Nós aqui optamos por armazenar as células-tronco e escolhemos a CordCell.
É o tipo do serviço que a gente espera nunca precisar, mas na dúvida... resolvemos fazer!
Beijos

Daniela Freitas disse...

Nem penso em não coletar! Se um dia isso puder salvar a vida de um filho meu, dinheiro nenhum no mundo paga! Principalmente pq quero ter dois filhos e acredito ser possível que um possa salvar a vida do outro. Eu acredito na ciência.