domingo, 27 de março de 2011

1 ano

Hoje o post nao trara nada relacionado a bebes, preparativos, decoração de quarto, maternidade..nada disso. Hoje o post trara uma homenagem, uma homenagem àquela que me criou, que tanto me ensinou, que tanto acreditou em mim e que se tornou, além da minha mae, minha melhor amiga.

Infelizmente hoje faz um ano que ela se foi. Infelizmente quando ela se foi, eu lhe disse que a única coisa que sentia muito eh que eu nao tivesse tido tempo para lhe dar um neto, que Deus a estava chamando para junto de Si antes que ela se tornasse a avó da minha filha(o), ao que ela me respondeu: eu ainda serei a avó e acompanharei tudo de camarote.

Mãe,

Um ano da sua ausencia, um ano de um vazio no meu coração, um ano de muitas lagrimas derramadas, de muita saudade, de muita vontade de te ligar, ouvir sua voz, ver seu rosto e acariciar as suas maos. Um ano de muita provação, da descoberta de uma força que nem sabia que tinha, mas principalmente, um ano da maior comprovação de que a vida, apesar de tudo, ela continua, só cabe a nós optarmos por continuar a vive-la na sua maior plenitude. E eu optei,mae, a Manuela, a sua neta, eh a maior prova disso.

Quando engravidei muitos ficaram preocupados comigo, mae, afinal, eu estava e ainda estou lidando com o seu luto, e como lidaria com isso + todas as mudanças, inseguranças que advem com a gravidez. Confesso que eu, no começo, achei que seria bem mais dificil do que foi, afinal, tudo que eu sempre imaginei era vc ao meu lado quando eu estivesse gravida, a gente saindo para comprar enxoval, vc enchendo a sua neta de presentes, eu tirando duvidas e me certificando que td ficaria bem pq vc estaria sempre presente.

Quantas vezes eu sai para comprar algo para a Manuela e desejei que vc estivesse la comigo. Quantos exames eu ja fiz, imaginando que vc poderia estar la comigo. Quanta coisa eu ja vivi desde que descobri a gravidez que eu gostaria de ter compartilhado com vc. Vc faz falta, muita, e sempre fará.

Mas, apesar de vc nao estar mais presente, fisicamente, eu sei que vc esta aqui comigo, eu sei que nao estarei sozinha no dia que a Manuela nascer, sei que a avó dela estará lá comigo, como sei também que nos dias que me bater o desespero ou a insegurança, vc me acalmara e me mostrara o caminho.

Mãe, algo me diz, aqui dentro de mim, que vc esta muito feliz por mim e que vc será, espiritualmente, uma super avó para a Manuela.

Obrigada por tudo que vc me ensinou. A Sandra, mae, me disse uma vez que quando a gente vira mae, a gente enxerga um pouco da nossa mae dentro de nós. Por isso, mae, eu digo, se eu conseguir ser um pouquinho pra Manuela, a mae que vc foi para mim, eu ja ficarei feliz.

Te amo. Saudades eternas.

3 comentários:

Cláudia Leite disse...

Linda homenagem Re!
Me emocionei, a saudade dói mesmo, mas como ela mesmo disse, está de camarote acompanhando tudo.
Tenho certeza que ela será uma avó ativa para a Manu, pois tudo o que vc aprendeu com ela terá grande valia agora, nesse momento "mãe"!
Enviei o link da sua postagem para marido ver tah? Ele está passando por esta dor da saudade tb, e compartilhar estes sentimentos conforta.


E quanto ao seu post anterior, sobre seu GO, ele é sussa mesmo, tanto quanto o meu! Hoje tenho consulta e quero só ver.

bjo.

Li disse...

Renata,

Que linda mensagem para a sua mãe. Com certeza ela está ao seu lado o tempo todo. Está aproveitando cada momento da sua gravidez, compartilhando com você cada sorriso, cada emoção diferente, cada sensação de medo, tristeza, alegria, ansiedade...
Com certeza, depois que nos tornamos mães e pais, entendemos e damos ainda mais valor aos nossos... Você pode ter certeza que sua mãe está dentro de você, geneticamente você já é 50% dela e junta-se a isso o amor, o carinho, os cuidados e ensinamentos que ela te passou durante toda a sua vida... Ou seja, com certeza você tem muito dela...
A Manu é e será muito amada por essa vovó mesmo que de longe...

Forças!!!

Beijos...

Lívia.

Karla disse...

Lindo, lindo, lindo!!!