quinta-feira, 28 de julho de 2011

Escravos de Jó

Somos em 3 filhos, todos casados, todos com filhos ou melhor, filhas. Isso mesmo, meu pai tem 4 netas e uma quinta a caminho. Brinquei que se a produçao de filhas continuar, em breve seremos a Casa das 7 Mulheres.

Tirando a Elisa que eh a neta mais velha e tem uma diferença de 3 anos com a segunda neta, todas as outras nasceram em formato escadinha...começando de tras pra frente, quando a Manu nasceu, a Estela tinha apenas 3 meses. Quando a Estela nasceu, a Camila tinha 1 ano e meio. E agora quando a mais nova nascer em janeiro, a Manu tera 8 meses. Primas para uma vida toda.

E por conta dessa diferença de idades tao pequena, eh que rola um belo Escravos de Jó com as roupas das meninas. As roupas da Camila, passaram pra Estela, as que a Estela ja perdeu, ja vieram pra Manu e as que a Manu ja esta perdendo ja retornaram para a minha cunhada, mae da Camila, para ela guardar pra bebe que está na barriga.

Estamos falando de bodies, macacoes lindos, calças, conjuntinhos, vestidinhos, muitas roupas importadas, tudo novo (bebes usam tao pouco e perdem tao rapido)..adoro. So hoje a Manu recebeu uma sacola cheia de macacoes M (sorte que eu nao comprei a liquidaçao da Alo Bebe)

Nao vejo problema nenhum na Manu usar roupa das primas, pelo contrario, acho uma bela economia...como tb nao vejo problema nenhum em repassar as roupinhas que eu comprei pra Manu para minha sobrinha que nascera em janeiro. A unica coisa que eu faço eh marcar na etiqueta a inicial das minhas cunhadas, assim quando eu devolvo a roupa emprestada, eu sei de quem era a roupa e, com isso elas podem dar o destino que quiserem para a roupa devolvida.

E assim vamos, um verdadeiro Escravos de Jó em familia.

7 comentários:

Fer disse...

O Dudu já perdeu MUITA roupa em 2 anos.... No começo eu fiquei meio assim em me desfazer... Aí rolou um momento de desapego e doei MUITA coisa.... mas bodys, macacões e pagões mais surradinhos e feinhos. De resto guardei TUDO. Agora que veio minha sobrinha, algumas roupinhas neutras emprestei, com o maior prazer. Mas para pessoas não tão próximas, não tenho coragem de emprestar, não. E vou guardar para o irmãozinho do Dudu. Irmão, pois como é o homem que determina o sexo (eu acredito nessa teoria) e os homens da familia do marido, de 12 crianças só 1 foi menina, então acredito que a genetica deles é de menino mesmo.... sendo assim, já tenho boa parte do enchoval pronto... hehehe
Beijinhos,
Fer
http://coisasdududu.blogspot.com/

Isis disse...

Aqui tbm o Samuel já ganhou muita coisa que era do priminho.E assim que não servir mais nele,tbm vou passar pra frente.Afinal roupas de bebê sempre ficam novinhas,pelo pouco tempo de uso.
Bjs

Maya Segers disse...

Hehehe sou super desapegada kkkk não me importo de dar as roupinhas que a Maria Giulia for perdendo salve as excessoes né
mas acho otimooo essa economia

beijos

Carol Garcia disse...

ótimo!
qdo eu era criança minhas roupas todas eram vindas de primas mais velhas.
eu adoraaava qdo minha tia vinha com a sacolada.
e até hoje guardo o costume de ensacolar o que não é mais usado pra repassar a quem precise.
mas ó, re, vejo que esse reaproveitamento não é muito bem visto hoje. difícil que recicle roupas como antigamente.

bjocas e parabéns pelo mulheril todo!

Fabi da Juju disse...

Perfeito amiga, pena que minha Julia veio antes.

bjooooooo

Minha Filha Minha Vida disse...

mais que perfeito, alias quem me derá uma sorte desta, por aqui a Isa é a unica menina no meio de um mutirão de meninos .... mas agora tenho uma prima preferida que esta "tentante" ja estou guardando algumas coisinhas preferidas para se for menina o destino esta garantido .... alias ela deu um vestido lindo para a Isa e disse quando não servir mais guarda para minha filha kkkkk será que vem um escravo de jó por ai rsrsrsrs

beijosss em vc e na Manu

Ananda Etges disse...

Eu guardo tudo para o segundinho! Pretendo ter outro filho meio logo, não quero deixar passar muito tempo. Mas também ganhei várias coisas da minha tia que eram do filho dela, inclusive carrinho e bebê conforto. Uma baita economia! Sem falar q tá tudo novinho!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com/