terça-feira, 5 de julho de 2011

Não dá mais...

...para viver sem você!

Pronto! Manuela ja nos conquistou!

Hoje, passados quase dois meses, já nao consigo mais imaginar a minha vida sem ela. Hoje, passados quase dois meses, ja morro de amores por ela. Hoje, passados quase dois meses, eu me apaixono cada vez mais por ela. Hoje, passados quase dois meses, todas as dificuldades, o cansaço e os choros já nao pesam tanto, pois eh so pega-la no colo, que eu me derreto. Hoje, passados quase dois meses, os dias nao sao mais massantes, sao gostosos, apesar de trabalhosos. Hoje, passados quase dois meses, eu consigo entender e enxergar a dor que a minha mãe deve ter sentido ao ter perdido meu irmao com apenas 1 ano, pois hoje, passados quase dois meses não posso nem imaginar no meu pior pesadelo perder a Manuela. Hoje, passados quase dois, eu estou começando a me ver como mae e estou feliz com essa imagem! Hoje, passados quase dois meses, acho que finalmente o baby blues foi embora ou está indo embora.

PS: Foi durante a tarde de ontem, com o quarto escuro e a Manuela em meus braços, tentando faze-la dormir (sem sucesso, rs), que eu, conversando em pensamento com a minha mae, me toquei do quanto que eu já amava a minha filha e do quanto que eu não conseguiria mais viver sem ela. Mãe, obrigada por ter me ouvido e por ter me mostrado que bem mais lindo eu tenho em meus braços.

11 comentários:

Fer disse...

Ai que lindo Re..... Me emocionei!!!!
Bom, passado o primeiro mes, acredite... cada dia as coisas vão ficando mais fáceis, o amor aumenta, a interação aumenta, e cada fase parece mais legal que a anterior.
Só lembro com uma ponta de arrepio do primeiro mes, os demais foram só alegrias, juro mesmo! Parabéns por passar pela fase "não legal" da maternidade ilesa. Daqui pra frente vc vai curtir mais e mais!
Beijão,
Fer
http://coisasdududu.blogspot.com/

Isis disse...

Que lindo!
Não vejo a hora de sentir isso tbm!
Bjs nas duas!

Mamãe do Otávio disse...

que lindo!

Renata disse...

Que lindo Re!!!! Daqui pra frente vai ser cada vez melhor!!!!
Bjs, Re

Bianca disse...

Rê, que lindo!!! E esse sentimento só aumenta, viu?? E nós passamos a entender mais as nossas mães, nem que seja assim, como nós, em pensamento!
beijos em vc e na fofura.

Mariana disse...

OI Re,
É assim mesmo, tbm passei por isso no começo. Acho que os 3 primeiros meses são de adaptação, depois o trabalho aumenta, mas o amor e carinho aumenta mil vezes mais...
Cada dia ela te conquistará mais e mais... É tudo de bom!!!
Bjs
Mari

Karla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karla disse...

Lagrimei!! Lindo, Re!

giovanaland disse...

Lindo o que escreveu! Me emocionei tb. Também estou neste momento de me apaixonar a cada dia mais! Bjs Fernanda

Alê disse...

Renata, eu penso muito na minha tbm. Hoje, com a Ana Luísa na barriga, eu fico imaginando o quanto ela me ama. Vc hoje tem noção do quão grande era o amor da sua mãe por vc né? Imagino que o coração chega dói de saudade. Eu sou peru e sofro de véspera. Eu imagino o dia em que a minha não estiver mais aqui. Eu a amo tanto! Me desespero as vezes... mas assim como na sua história eu vejo o quanto Deus é sábio! Ele te fez experimentar isso primeiro antes de vc devolver a tua mãe pra Ele. Manu já tava na barriga né? Ou no pensamento? rs. Eu quer sentir exatamente isso. Pegar Ana Luísa nos braço se sentir um "cadinho" do quanto a minha mãe me ama. Beijo pra vcs duas. Opa! Pra Cuca tbm. Ale.

834cfc62-a7f6-11e0-a781-000f20980440 disse...

Grande verdade, depois que a gente se apega nessas coisinhas pequenas de 60 cm e 6 kg nao conseguimos mais pensar em nossas vidas sem elas... Bjs, Fon