terça-feira, 6 de setembro de 2011

Viajando com a Manu - duvidas

Meninas, obrigada pelos links e pelas dicas, sempre super uteis. Ainda tenho algumas duvidas que gostaria de sanar antes de embarcar com a Manu.

1. O que eh melhor, ir com o carrinho ate a porta do aviao ou despachar o carrinho com a bagagem e usar um carrinho da companhia aerea? Eh garantido que eles trazem o carrinho ate a porta do aviao quando a gente chega no destino? Qual o risco de danificarem o carrinho no bagageiro?

2. Considerando as regras de segurança e que meu voo eh bem curtinho, rola embarcar ja com agua nas mamadeiras (passa pela segurança?) ou eh melhor comprar uma garrafinha de mineral no portao de embarque e usar essa agua pra fazer a mamadeira?

3. Como vcs fazem pra esterelizar as mamadeiras no hotel? Será que eu levo o esterelizador de microondas?

4. Td bem que a viagem eh nacional, mas vamos cruzar a fronteira, tanto pra Argentina, tanto pro Paraguai. Será que eu preciso fazer RG pra Manu?


PS: Minha sogra quer que a gente deixe a Manu com ela e viajemos so nos dois..ja disse que nao, que como queremos viajar muito com a Manu a tiracolo, entao que temos que acostuma-la desde cedo e, nada melhor que uma viagem curtinha para fazer a primeira experiencia.

8 comentários:

Mamãe do Otávio disse...

Acredito que com uma cópia autenticada da certidão de nascimento da Manu ou mesmo a original em mãos não há necessidade de RG.
fiquei sabendo que água mineral não faz bem para os bebês, sendo que o intestino dos pequenos ainda é imaturo para receber tais minerais... vê com a pedi dela...
sobre o resto das perguntinhas não sei responder.
beijos

Carol Garcia disse...

OLÁ QUERIDA!
deu uma lhada na sessão "dicas de viagem" lá do blog?????
acho que pode ajudar...
1- eu usei o carrinho do isaac e o mesmo me foi devolvido no desembarque, na porta do avião, sem danos.
2- dá pra pedir água pra aeromoça mesmo, não precisa carregar água e correr o risco de fazer lambança desnecessária na bolsa.
3- o hotel que você vai tem copa do bebê? no último que fiquei quando ainda esterilizava as mamadeiras, pedia pro pessoal da cozinha passar na água quente, ele eram super solícitos. mas quer uma dica? eu sempre levo um potinho com detergente, pra lavar a da madrugada ou quando tenho pressa, no quarto mesmo.
4- esse lance do rg eu não sei. melhor se informar em uma agência de viagem. e documento nunca é demais, né amiga????

Vi disse...

Re, para sair com a Manu do Brasil e ir para o Mercosul é preciso RG ou passaporte. Não é aceita a certidão de nascimento! Melhor tirar o RG e logo! rs

A propósito, estou fazendo uma pequena série de posts sobre Foz! Olha lá!
As regras do Mercosul
*Trânsito fronteiriço na região do Mercosul

Irmãos BRASILEIROS - DOCUMENTAÇÃO NECESSARIA PARA SAIR DO BRASIL :

Serão aceitos única e exclusivamente para trânsito fronteiriço na região do Mercosul os seguintes documentos:

- Passaporte; ou
- Cédula de Identidade Civil (RG).
- Veículo particular: seguro internacional
- Carteira de Habilitação de Motorista

Não serão aceitos como documentos válidos para a passagem de áreas de fronteiras quaisquer outros tipos de documentos expedidos no Brasil, mesmo se aceitos como documentos de identidade em nosso país. Veja os seguintes exemplos de documentos não aceitos:

- Certidão de Nascimento (não substitui os documentos de Cédula de Identidade Civil ou Passaporte mesmo para recém nascidos ou para menores de idade);
- Carteiras de Identificação Profissionais (OAB, CRM, outros);
- Carteira de Habilitação de Motorista;
- CPF;
- Outros.

Outras situações:
Crianças também devem estar munidas dos documentos necessários, em nenhuma circunstância se exclui a apresentação de Cédula de Identidade Civil ou Passaporte, mesmo quando a criança for de colo, ainda que se tenha em mãos a Certidão de Nascimento;
Na realização de viagens por meio de transporte rodoviário, a empresa de ônibus tem por obrigação da lei solicitar junto ao responsável pelo menor, além dos documentos acima mencionados, uma autorização especial expedida por um Juiz, em que conste a permissão de ambos os pais para o deslocamento e conseqüente trânsito fronteiriço.

Um novo acordo turístico entre Brasil e Argentina. A partir do dia 18 de dezembro, todos os cidadãos brasileiros, residentes permanentes e temporários que portem carteira de motorista do Brasil, poderão entrar a Porto Iguaçu (Argentina) por 72 horas.

Bjs

"Maria Heloisa" disse...

aff...agora até eu parei pra pensa nisso são pequenos detalhes que fazem muita diferença vou me informa sobre isso também beijos ☺

Bina USA disse...

Oi flor,
Vi essa semana umas mamadeiras que vem com uns saquinhos descartaveis, vc lava soh o bico da mamadeira e joga os saquinhos fora. Nao sei se sao faceis de achar no Brasil, aqui sao baratas e tem no mercado, achei que podem ser uteis pra viagens.
Bjs

Alê disse...

Re, vc vai reunir todos os esclarecimentos e fazer um post pra ajudar as que ainda não pariram né? hahaha Bjos.

Karla disse...

Re, vamos às minhas dicas baseadas nas minhas experiêncioas!
1)Sempre levo o carrinho até a porta do avião e lá despacho. Arrumei um saco grande para colocá-lo dentro e proteger. Já levo identificado de casa com o número do voo e tudo. Algumas companhias têm carrinho, mas não é garantido que tenham disponível na hora do desembarque, então melhor não arriscar. Assim que o avião pousa peço para subirem o carrinho.
2) Sempre levei as mamadeiras do Theo já com água e ainda água extra para emergências. Prefiro não contar com a sorte, pq muitos lugares só têm água gelada, então prefiro levar e não ter com que me preocupar. Nunca tive problema, nem viajando para o exterior. Geralmente eles são tolerantes quando se está com bebês. E leve o leite já nas porções certas no porta-leite.
3) Não esterelizava durante a viagem, apenas levei detergente neutro para lavar com a água quente da pia do hotel.
4) Precisa fazer RG pra Manu sim. Para sair do Brasil, certidão só não basta.

É isso aí, Re!! Já vai acostumando a Manu desde cedo! Theo aqui já está no esquema! rs
Beijos!!!
Karla

Karin :: Mamãe e Cia disse...

OIiii...

então querida, eu viajei apenas uma vez de avião com meu filho, a viagem foi bem tranquila, foram apenas 45 minutos.
As aeromoças sempre nos atenderam super bem, deram lanchinho extra pro meu filho de 9 meses naquela época.... eu achei engraçado porque ele nao comia aquilo ainda, mas suco elas ofereceram e ele tomou duas vezes em cada viagem.
A mamadeira dele foi junto comigo, cheia, é melhor pro ouvidinho deles, nao encomoda tanto... acho que nao tem problema, nao!

Boa sorte, espero que tudo dê certo!

Beijos

Karin
www.mamaeecia.com.br