terça-feira, 20 de setembro de 2011

Viajando com a Manu - parte 1

Como disse no post anterior, a viagem foi uma delicia, Manu participou de todos os passeios, ora no carrinho, ora no colo, tirava suas sonecas no meio dos passeios, olhava tudo, ria pra todo mundo que falasse com ela, enfim foi bem mais tranquilo do que podia ter imaginado.

Vou fazer um relato em partes de como foi a viagem, dividido em aviao, hotel e passeios, com algumas dicas e percepçoes minhas.

Aviao:
- Sacola da Manu: usamos uma mochila assim ficamos com as maos livres. Coloquei as coisas dela em saquinhos tipo ziplock, assim um saquinho tinha o kit de trocas (trocador, fraldas, pomadas e lencinhos), no outro uma muda de roupa mais fresquinha e num terceiro uma muda de roupa mais quente. Isso ajuda na hora da troca, pq vc nao precisa procurar as coisas na mochila, so tirar o saquinho. Também levei na mochila 3 mamadeiras ja com agua (vai que o voo atrasasse), o porta leite em po com as 3 divisoes preenchidas, tylenol bebe (para o caso de ter dor de ouvido no voo) e funchicoria (remedio contra escandalos).
- Carrinho: decidimos ir com o carrinho ate a porta do aviao. Para isso, a Tam etiquetou o carrinho e nos deu um saco que usamos para embalar o carrinho e entrega-lo ao funcionario na entrada do aviao. Qdo chegamos em Foz o carrinho nos foi entregue assim que descemos as escadinhas do aviao. Ja em Sao Paulo ele saiu na esteira. A Tam tem carrinho disponivel, mas hoje a burocacia para pega-lo eh tanta que nao compensa - vc deixa seu boarding pass no check in e pega o carrinho, mas vc tem que devolve-lo no mesmo balcao, portanto, antes de entrar na area de embarque. Ou seja, o carrinho so serve pra vc ficar passeando pelo aeroporto - isso tudo pq as pessoas estavam roubando os carrinhos.
- Pouso e decolagem: tentei enganar a Manu pra faze-la mamar na hora da decolagem, mas nao rolou. Foi entrarmos no aviao que ela abriu o berreiro de fome, conclusao, ela traçou a mamadeira antes mesmo do aviao começar a taxiar. Entao, na hora da decolagem e do pouso, fiquei provocando ela com a chupeta, era ela parar de puxar a chupeta que eu ia la e mexia na chupeta pra ela voltar a chupetar. Funcionou. Na volta, qdo o aviao começou a descer, ela reclamou de dorzinha, mas ai dei a mamadeira de agua pra ela e acho que isso ajudou a aliviar a pressao. Ela dormiu os dois voos inteiros.
- Roupa de Manu: vesti a Manu com um body, um macacao e um casaquinho e levei duas mantas pro aviao, temendo o ar condicionado. Desnecessario, Manu eh mega calorenta e o ar nem estava forte (casaquinho e mantas nao sairam da mochila) e na volta, ainda ficou de manga curta. Acho que em voos mais longos, o ar deve ser mais forte, pq nesse foi bem sussa.
- Tempo de voo: como primeira viagem de aviao, achei que fizemos bem em termos escolhido um voo curto (1h30), pq assim pudemos sentir como ela se comporta no voo e como a gente se vira com um bebe num aviao, nos dando mais confiança para alcarmos voos maiores.
- Transfer: saimos de SP ja com o transfer contratado para nos pegar no aeroporto e nos levar pro hotel. Nunca fizemos isso antes, sempre nos viravamos, eu e marido, mas agora com um bebe acho que temos que facilitar nossa vida e contribuir para o bem-estar do bebe, pois imagine buscar um taxi carregando malas, bebe, carrinho, etc. Nao me arrependo.

Acho que da parte aviao/aeroporto, eh isso.




Manu com seu cartao de embarque

6 comentários:

Nossa Princesinha Yasmin disse...

Lindinha e bem comportadinha...

Li disse...

Linda!!! Muito fofa e boazinha!!!

Parabéns!!!

Lívia.

Aline disse...

Amei a foto!! Manu super descolada com seu e-ticket...rss
Re, eu tb vou viajar com meu pequeno qdo tiver 3,5/4 meses, vou de Recife p/ SP (são 3 horas de vôo), fora demora de aeroporto, depois vou pegar outro vôo p/ o interior (ou vamos alugar um carro, ainda não decidimos).
Eu queria mesmo era pegar a primeira fileira do avião (para prevenir em casos de chororôs ou berreiros), vc conseguiu pegar? Sabe se tem alguma coisa que podemos fazer antes, pois a atendente da tam disse que é só na hora do check in... enfim, suas dicas foram preciosas e imagine que na volta vou estar sola com baby, já que vou ficar lá de férias e meu marido volta depois do ano novo. Bjs

Cláudia Leite disse...

Obrigada por relatar sua experiência, muito válido para todas as mamães.
A Manu se comportou lindamente ein, que orgulho mamãe!

bjo.

Renata disse...

Um sucesso total hein Re, que maravilha!!!!! Nossa, não quero nem pensar na minha ida pra Maputo com a Malu. Vai ser punk!!!!!
Bjs, Re

Ananda Etges disse...

Que gracinha! Toda produzida para viajar!

Beijos, Ananda.

http://projetodemae.wordpress.com/