sábado, 11 de junho de 2011

1 mes

Hoje a Manu completa um mês! Nossa, um mês..como passou rapido. Parece que foi ontem que eu entrei em trabalho de parto, foi ontem que eu estava na maternidade, foi ontem que ela veio pra casa...um mes ja se passou e nem vi o tempo passar, como tb nao vi para onde foram minhas horas de sono, nao vi nunca mais a cara da minha manicure e nem a do padeiro e raras vezes a do porteiro..um mes de clausura cuidando da coisa mais fofa e mais trabalhosa que eu ja co-produzi (gostaram do co-produzi, ne? Nao podia excluir o maridao dessa produçao, ne?). Muito aconteceu nesse um mes:

Nesse um mes a Manu cresceu e engordou (na batalha), ja nao tem mais carinha de recem-nascida, nao teve colicas (GAD) mas ja teve crises de gases e eu sofri junto, ja fixa o olhar nas coisas, chora cada vez menos no banho e ainda abre uns berreiros fenomenais nas trocas de fralda, nao perdeu ainda nenhuma roupa (eh pq nao comprei quase nada RN), fica uns 20 minutinhos na cadeirinha olhando os bichinhos, nao eh muito de dormir durante o dia, mas emenda umas 5 horas a noite, ja tem brinquinhos (meio desalinhados, mas tem), ja deu uns roles de carrinho pelo bairro e ja saiu a noite para ir no aniversario do tio.

Nesse um mês a mae da Manu passou a fazer parte da raça dos ursos pandas, virou literalmente uma vaca leitera, chorou muito nas duas primeiras semanas mas agora esta mais segura no seu papel de mae, esta super cansada e se sentindo refem do turno de 2-3 horas, fica impaciente quando rola os berreiros da filha no trocador, esta pegando o jeito de faze-la dormir (santo shhhhhhh), condena o marido quando ele abusa da funchicoria, mas nao abre mao dela na hora do desespero, perdeu 12 dos 15 kilos adquiridos, ja da banho na filha sozinha, sem qualquer ajuda, esta contando os dias pro pediatra dar um habeas corpus pra filha, para poder ir e vir com ela para qualquer lugar que nao seja dentro de casa e acima de tudo e apesar de tudo, está cada dia mais apaixonada por esse serzinho de meio metro que virou sua vida de cabeça pra baixo e já nao consegue mais visualizar sua vida sem ela!

Nesse um mês nós usamos: fraldas pampers new baby, fraldas turma da monica soft touch P, creme bepantol baby (so nao curti pq a tampinha nao eh acoplada ao tubo, nada pratico quando so se tem uma mao livre), creme granado para assaduras (bom), creme dermodex prevent (bom tb), funchicoria (melhor invençao ever), chupeta mam perfect, shampoo da cabeça aos pes johnson (pratico)...acho que foi tudo.

PS: Nao sei pq blogger publicou esse post antes e nao hoje..mas enfim, ja corrigi. Ci, isso mesmo, a Manu nasceu dia 11, mesmo dia da Maria Luisa.

5 comentários:

Alê disse...

Ei, eu me emocionei aqui lendo sobre a mãe da Manu #sensibilidadegravidica hahaha
Quero voltar aqui em novembro, quando a Ana Luísa tiver um mês e ver se terei os mesmos sentimentos.
Amo ler tudo aqui Rê.
Gata, me diz uma coisa: essa fralda da Pampers é aquela do pacote verde, diurna? Me disseram que é a melhor. Tá tendo uma promoção aqui em um hipermercado e queria comprar. Será que é essa que vc usou? Vc achou qual melhor?
E desculpe a ignorância, mas o que é "funchicoria"? kkkkkkk Num sei o que é, mas vi que acalma...kkk
Beijos nas duas. Ops! Nas três: esqueci da Cuca (ela evoluiu?)

Juliana disse...

Agora vou voltar pra esse mundo dos recem nascidos..rsrsr
Vai ser fofo sentir novamente esse cheirinho delicioso que só eles tem!

Obrigada pela mensagem!!
Super beijo
E um cheiro especial nessa princesa!
Ju e Clara

Karla disse...

Parabéns pra Manu!!! Muita saúde e felicidades para a família!
Beijos!!
Curtam, pq passa ráápido!!! :(

Mamãe du Dudu disse...

Parabéns Manu!!!! Que o Papai do Ceu te proteja e te dê muuuuuuuuita saúde!
Passa rápido mesmo, né?
É engraçado que lendo o que vc tem passado, me recordo de coisas que eu já tinha esquecido... dos terriveis primeiros quinze dias, que eu chorava sem parar e só queria o marido do meu lado, e a iminencia dele voltar a trabalhar me dava pânico... Das noites mal dormidas até o Dudu começar a imendar mais a noite, de não sair de casa pra nada e se sentir uma mamadeira ambulante, de não ter vida, de ser mãe em tempo integral (integral = 24h, 7 dias por semana), e que a alegria do dia era quando meu marido chegava e eu podia dar uma relaxada e ter com quem conversar! Mas claro, que dentre essa tempestade toda, tinha a alegria de ter um serzinho lindo e amado que me fazia sentir a mulher mais poderosa do mundo!
Mas as recompensas são tantas que eu nem me lembrava da parte ruim, pois cada dia eles nos trazem mais e mais alegrias, que passamos uma borracha rapidinho no que não foi tão legal!
Super beijos pra vc, e curta bastante essa mocinha, pois acredite: ela cresce, e os meses voam, num piscar de olhos o post vai ser sobre o niver de 1 aninho dela.... olha lá, só faltam 11 meses!!! hehe
Fer
http://coisasdududu.blogspot.com

Mamãe du Dudu disse...

ups... acho que me empolguei no comentário.
Desculpa.......
Beijos
Fer