terça-feira, 22 de novembro de 2011

Decisao dificil

Ontem no final do dia tomei uma das decisoes mais dificeis: pedi demissao!!

Desde que voltei da licença estava me sentindo um peixe fora d´agua, deslocada e, pior, sem qualquer vibe, sem vontade de voltar a trabalhar com o que eu trabalho. Ja faz mais de dois anos que estava querendo sair deste emprego, nesse interim, minha mae faleceu, eu engravidei e minha vontade de virar a pagina foi sendo postergada, postergada.

Ate que esse final de semana, meu marido, vendo o meu desespero com a chegada da segunda-feira me disse: Chega. Se vc esta sofrendo desse jeito, entao nao vale a pena. Chega amanha no trabalho e pede as contas. A gente aperta as despesas, coloca a Manu meio periodo no bercario e nas horas que ela estiver la, vc vai cuidar de vc e vai procurar outro emprego.

Vim trabalhar com um aperto no peito e aquela sensação de medo. Medo de demorar a me recolocar. Medo de faltar grana. Medo de me tornar aquelas pessoas sem assunto. Medo de olhar pra tras e me arrepender. Enfim, medo do incerto. Porque a unica certeza que eu tenho eh que eu ja nao estava mais feliz na agencia e isso está refletindo em todos os outros aspectos da minha vida. Sao 8 anos na mesma agencia de comunicação. Eh uma vida.

Mas depois que eu conversei com meu chefe, a sensação é de alivio, como se eu tivesse tirado um peso enorme das costas. Combinei de ficar ate o final do ano, porque as coisas estao bombando e eu ficaria de coringa, ajudando a todos. Enquanto isso vou refletir melhor sobre o que eu quero fazer profissionalmente...e ate pintar outra coisa, vou curtir minha filhota, vou cuidar de mim, fisica e mentalmente (to precisando), vou abrir meu leque de opções profissionais, vou virar a pagina e começar a escrever um novo capitulo.

Cheguei em casa ontem tao leve, com o espirito tao alegre que ate a Manu percebeu e abriu aquele sorriso quando me viu. Logico, apesar do alivio, ainda me questiono se eu tomei a decisao certa. Me questiono se existe um certo ou errado nessa historia. Dificil saber...mas as vezes a gente precisa se jogar, a gente precisa sair do lugar seguro (e as vezes infeliz) e se arriscar, a gente precisa assumir as redeas e conduzir a nossa vida por outros caminhos, as vezes ate mais dificeis, mas nem por isso menos belos, menos gratificantes. So depende de mim fazer dessa decisao a mais correta possivel. Só depende de mim.

15 comentários:

Cris disse...

Parabéns pela sábia decisão! Não devemos continuar com o que não nos faz bem.
Beijo

Fer disse...

Achei a decisão acertada... se estava te atrapalhando em outros aspectos da vida, fez o certo.
Temos que ser felizes, Renata... por mais que no começo pareça ser complicado.
E logo você arranja algo bem legal, tenha certeza!
Beijinhos,
Fer

Cláudia Leite disse...

Re,

Vc já não estava feliz lá, melhor se arriscar em novos caminhos. E como está mais aliviada vai curtir bastante com a Manu.

bjo e boa sorte nessa nova fase.

Vi disse...

Renata!
Nunca tenha medo de começar do zero. A gente precisa dar um passo pra trás para dar 10 para frente.
Ótimas oportunidades virão!
Boa sorte!
Vivian

yahhh disse...

Complicado. Também não pretendo voltar a trabalhar tão já. É ruim, principalmente, financeiramente, mas aho que pesando os prós e contras, hoje eu preciso ficar com a minha filha. Me dedicar a ela. E um trabalho com jornada de 8 hr diárias, iria prejudicar. Então a gente aperta as coisas, e aproveita a nossa cria. Boa sorte e vai dar tudo certo nessa nova fase! Beijos

Minha Filha Minha Vida disse...

eu sou a pessoa mais medrosa do universo, então estou orgulhosa de vc e da sua coragem ... desejo tudo de ótimo nesta nova pagina !!!!

beijos

Fernanda Lucas disse...

Re eu tomei essa decisão com 15 dias da minha volta da licença, não foi fácil, mas valeu muito a pena!
Não me arrependi, não fiquei sem assunto, não relaxei com os cuidados comigo mesma, e com certeza fez muita diferença na vida da Isadora.
Se puder compre a revista Crescer desse mês, fala sobre isso.
Aqui em casa nós decidimos cortar alguns "luxos"para que eu pudesse cuidar da Isa, e me fala se não é melhor ter a mãe por perto do que ter brinquedos caros, roupinhas caras, etc…
Isadora ia meio periodo para a escolinha, na parte da tarde, e então eu podia cuidar de mim, ver tv, ler um livro e tals.
Agora a Isadora fica com a babá a tarde, e pra mim funcionou muito esse esquema!
Aprendi que nada na maternagem é definitivo, como diz a música: "tudo muda o tempo todo no mundo"….
Pense que é um tempo(necessário e maravilhoso) que você terá com a Manú, e depois se pintar algo que valha a pena, você se joga novamente..
Bjos

Dani e Biriba disse...

Que engraçado, tenho pesquisado alguns blogs maternos desde que criei o meu, semana passada. E dei de cara com seu post descrevendo as mesmas angustias que passei há 2 meses. Passa lá no meu p conhecer! beijo
Dani
http://pirulitas.wordpress.com/

Bianca disse...

Rê, achei sua decisão muito bem pensada e planejada. E outra, nada é definitivo. Ainda bem que vc tem um marido que te apoia e que percebeu a sua angústia. Eu mesma voltei a trabalhar com o meu com 1 ano meio período, parei com ele com 5 e voltei agora, com ele aos 7 e me sinto super bem, sabe? Enfim, o mais importante é vc estar bem!!! Beijos!

Li disse...

Rê, brindemos então à uma nova vida!!! O certo é fazer o que o nosso coração deseja! Que bom que você se encheu de coragem e tomou essa decisão! Bola pra frente que as coisas se ajeitam!!!

Beijos e boa sorte em tudo o que vier daqui para a frente!!!

Lívia.

Futura mãmã disse...

Se voce nao se sentia mais feliz apesar de tudo acho que tomou a decisaao certa...
Beijo

Alê disse...

Rê, oba! Sei que não deve ser fácil. Mas te dou os parabéns. Sorte da Manu! E que belo presente de natal vc se deu: acompanhar o desenvolvimento mais gostoso da Manu. Ela já tá interagindo. Lembro que vc postou aqui algo que ela fez no berçário, assim que vc retornou ao trabalho...acho que foi rolar num foi? Olha, tudo se ajeita: e ela nem tá estudando ainda... Na verdade, eu tenho medo é daquilo que não muda. Vc foi corajosa e fez o que muitas tinham vontade. Vc dá pra Manu aquilo que tem. Então, vai ser feliz! Tudo se ajeita e tem seu tempo. Deus vai te preparar algo especial. Vc já fez sua parte e é qualificada. Ele tbm fará a Dele. Sua mãe e hoje seu tbm anjo da guarda tbm dará aquela força. Beijos em vcs duas.

Mamãe do Otávio disse...

Parabéns pela decisão! as vezes é preciso dar uma repaginada mesmo!
beijos

Natinha disse...

Rê.. (tb sou Renata) e tb fiz a mesma coisa que vc! E uma agonia tremenda o antes mas o depois é so alegria! E tenha certex de que nesse meio tempo vc vai encontrar algo que te dará prazer! Curta muitooooooooo essa fase!
Beijossss e PARABÉNSSS

Ságna disse...

espero que dê tudo certo.