quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Etiqueta para mães

O mundo eh cheio de etiquetas e protocolos e, quando vc vira mae, ja percebi, existe um novo manual de etiquetas a ser seguido..quer exemplos?

1. Voce esta passeando com a sua filha..cruza com uma mae e um bebe no carrinho. A mae olha sua filha e sorri. Vc faz um esforço pra ser simpatica e sorri de volta.

2. Voce esta passeando com a sua filha (de novo)..alguem (geralmente uma senhorinha) pula na frente do carrinho, voce, com pressa pra chegar em casa e ir no banheiro, da uma paradinha pra senhorinha poder ver sua cria, brincar com sua cria, plantar bananeira na sua frente so pra ver se consegue arrancar um sorriso da sua filha. Afinal, passar reto sem parar é falta de educaçao.

3. Voce esta na fila do supermercado com a sua filha (eh claro) e na sua frente tem outra mae com bebe..alem de vc medir a mae de cabo a rabo e invejar porque ela ja esta com um corpo de miss e vc continua um botijao, a mae te enche de perguntas, pergunta como ela se chama, qto tempo tem, bla bla bla...e vc, ops, se esquece de fazer as mesmas perguntas sobre o filho dela. Uuuuuh, erro grave na etiqueta de maes..erro esse que eu cometo sempre. Mas estou melhorando!!

4. Voce chega na pracinha, repleta de crianças e bebes. A etiqueta de maes diz que vc deve se misturar. Entao, vc tira a sua bebe do carrinho e se aproxima das maes e pais com outros bebes para que sua bebe conheça os amiguinhos e vc, claro, nao se passe por metida, antipatia, antissocial, etc.

5. Voce esta com sua filha no carrinho e chega uma mulher (sempre mulher) e começa a brincar com a sua filha, a conversar com ela em infatiles e sua filha continua olhando séria pra mulher, sem esboçar um sorriso sequer. Dai vc, pra nao ficar chato com a animadora de festa infantil na sua frente diz: iihh, o sono bateu, ja esta em alpha....quando na verdade vc queria muito dizer: vixe, acho que ela nao foi com a sua cara, rs.

Ta bom, antes que alguem me crucifique, tirando o lance das perguntas que eu realmente me esqueco de retribuir, o resto ate que eu sou bem simpatica (confesso que com um certo esforço quando estou naqueles dias de cão, sem vontade de dar oi nem pra minha sombra), ja deixei ate estranha pegar a Manu no colo..mas que essas etiquetas existem, isso existe e nao tem nada de errado nisso, pelo contrario, isso nada mais eh do que um pouco de educaçao e simpatia, o que nao faz mal a ninguem.

8 comentários:

Fer disse...

O Dudu está numa fase terrivel... as pessoas perguntam coisas a ele, ou cumprimetam (o porteiro da escola ou o do prédio da Sogra), e ele simplesmente ignora, nem olha, vira a cara, passa correndp.... Eu é que tenho que ser "a" simpática, e fazer a intermediação... terrivel isso!!! hehehe Mas isso você vai viver mais pra frente. Pois uma coisa é vc ter que ser simpática, outra e tua filha ter que ser e não ser! afff
Beijinhos,
Fer

Carol Garcia disse...

kkk...
está certo que nessa vida louca de hoje ter filhos é ser um ser aberto a conversas, palpites e liberdade (a sua e a dos outros).
o baby, meu bem, é a porta de entrada para o resto do mundo na sua vida.

e fim
convivamos com isso e sejamos simpatiquinhas.

bjocas na fofa
e ó que vc não tá botijão. e pronto

Luigia Macena disse...

Nossa bom saber para quando tiver meu baby!!
mil bjus

Cláudia Leite disse...

Vixi, sou dessas mães que adoram trocar figurinha quando encontro outra! No supermercado, no fraldário... rs

bjo pra vcs.

Giselle Mendonça disse...

Concordo todas precisamos saber mais sobre essas etiquetas, terei mas atenção.obrigada querida.bjs Gi

Andrea Fregnani disse...

Re, eu sou a mãe simpática, adoro conversar e dar risinhos pras outras mães hauhuahuaua pior é que Alice já pegou esse meu jeito, então ela acha que tem que dar tchau, mandar beijos pra todos na rua, mas sabe o que dói? São aquelas pessoas que olham pra criança e se viram, não dão a minima atenção para um sorriso sincero, pq antes de andar eram as pessoas que curtiam crianças que vinham até a Alice, agora ela vai até as pessoas e nem todas reagem com simpatia, corta o coração :(
bjs

Minha Filha Minha Vida disse...

Re eu acho que vc foi um pouco má no manual kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk SIM ELE EXISTE e vc descreveu todos eles muito bem massss eu imaginei que TODAS as mães fossem assim kkkkkkkkkkkk estou me sentindo um tanto quanto mais aliviada pois sempre sou a requisitada e não a animadora de festa infantil kkkkkkkkkkkkkkk

beijos

Natália disse...

ÓCIOS DO OFICIOS... MTO BOM SEU POST. BJUS