segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Picadas de inseto

Sempre que saio com a Manu seja pra ir na pracinha, no play ou no clube, faço questao de tirar suas meias e faze-la pisar, andar e se sentar na grama, na areia, no chao de cascalho.

Quero que ela sinta as diferentes texturas, quero que seus pezinhos se acostumem com a grama pinicando, com as pedrinhas cutucando e com a areia entrando entre seus dedinhos.

Mas, por conta disso, Manu esta mais suscetivel a picadas de formiga e qualquer bichinho que habite nesses ambientes. E ontem aconteceu. Levou uma picada de formiga bem na sola do pé. Ela começou a chorar e nao parava. Sentia que era choro de dor, mas nao conseguia ver o que estava acontecendo. Ate que meus olhos miraram seus pés e la estava ele, um pontinho vermelho bem na sola. Na hora peguei gelo e fiz uma compressa. Mas fiquei pensando em como deveria ter agido, o que devemos fazer quando nossos filhos sao picados por qualquer inseto que seja, de formiga a pernilongo, de vespa a abelha.

E aqui estão as dicas que eu busquei no BabyCenter:

Para picadas simples (formigas, pernilongos, borrachudos, etc), devemos:

• Fazer compressas frias, de gelo ou com um pano molhado com água gelada, pois aliviam a coceira e reduzem o inchaço.
• Se surgir alguma bolha no local (coisa que acontece às vezes com picadas de formiga), não a estoure.
• Você pode passar pomadas especiais no local para aliviar a dor, a irritação e a coceira. Não aplique cremes e pomadas que contenham cânfora em crianças de menos de 2 anos.
• Se as picadas estiverem muito inchadas e coçando demais, um anti-histamínico por via oral pode aliviar o desconforto. Mas só dê remédios a que já esteja acostumada e que tenham sido receitados pelo pediatra.
• Mantenha as unhas da criança bem curtas para ela não se arranhar muito, e tente evitar que ela coce demais as picadas, mantendo-as cobertas por roupas, por exemplo.

Para picadas de abelhas, marimbomdos e vespas:

1. Retire o ferrão raspando a pele com a sua unha ou com uma superfície reta e dura, como um cartão de banco, por exemplo. Não use pinça nem aperte a pele da criança com os dedos para expulsar o ferrão, porque pode acabar lançando mais veneno para dentro do organismo da criança.
2. Lave bem a região com água e sabão.
3. Uma vez retirado o ferrão, trate a picada como qualquer outra.
4. Se a criança estiver com muita dor, você pode dar um analgésico, como o paracetamol, a que ela esteja acostumada, seguindo a dose determinada pelo pediatra.

9 comentários:

Minha Filha Minha Vida disse...

beijos e uma boa semana !!!

Cláudia Leite disse...

Bom ter essas dicas, nunca se sabe quando vai precisar!
Isabella já foi picada várias vezes por pernilongo, mas ocorre à noite e ela acaba nem sofrendo com isso.

bjo pra vcs, boa semana.

Bruna A. Rolemberg disse...

Adorei as dicas.
Tadinha deve ter doído que só rs. picada de formiga arde de mais rs.


Beijos
http://bruna-manoel.blogspot.com/

Suzana Lira disse...

Nossa amei as dicas, amei mesmo....e morri de peninha dela....


Beijo

yahhh disse...

Boas dicas! Alice vive tomando picada no pé. Mas é sempre de pernilongo. Uma chatice! E é sempre no pézinho! rsrs! Beijos

"Maria Heloisa" disse...

Anotando as dicas Renan sofre quando é picado fica dias com a marca no mosquito vampiro safado, essas dicas vão me ajuda bastante...beijinhos
http://anjodmv.blogspot.com/

Andrea Fregnani disse...

Oh, judiação do pezinho da Manu, obrigada pelas dicas, muito úteis, eu nunca tinha lido sobre picadas,
bjs

Cris disse...

Ótimas dicas, Re! Domingo fomos para uma chácara e enchi o Gui de repelente... mas tem insetos que nem com repelente mesmo.
Beijo

(Mamãe) ~Pinel disse...

Muito bom saber as dicas!!!
A Lara morria de nervo quando encostava na grama ou na areia. Hoje ela nem liga. =D

É sempre bom ter o contato com as coisas diferentes.
É só a gente ter cuidado, maaas, acidentes são inevitáveis. E nada nos resta a não ser saber como tratar dos mesmos!

Beijo!